Pai castiga filha após bullying e viraliza na web

Atitude do homem dividiu opiniões

Por: Redação | Comunicar erro
menina pai bullying
Crédito: Reprodução/FacebookMenina caminhou 8 km até a escola para aprender lição que o pai quis ensinar sobre bullying

Matt Cox dividiu opiniões nas redes sociais ao publicar um vídeo em que aparece castigando a filha, Kirsten, de 10 anos de idade, que foi suspensa da escola após praticar bullying contra um colega, em Ohio, nos Estados Unidos.

A menina teve que caminhar oito quilômetros até a instituição, sob um frio de 2ºC durante o percurso.

Na gravação, Matt disse ainda que a garota já tinha sido expulsa do ônibus escolar duas vezes por praticar bullying em outras oportunidades.

Com isso, ele passou a levar a herdeira para o colégio de carro, e aproveitou a oportunidade para aplicar a lição.

“Bullying é inaceitável, especialmente na minha família”, explicou o homem, que aparece acompanhando a filha de dentro do automóvel.

“Muitas crianças acreditam que os sacrifícios que os pais fazem por eles não são privilégios, mas sim direitos — como levar os filhos até o colégio pela manhã. Ou até viagens de ônibus até a escola. Tudo isso é privilégio e deveria ser tratado assim. Então, hoje, a minha bela filha andará por oito quilômetros até o colégio, enfrentando temperaturas de 2ºC”, completou.

O vídeo já acumula mais de 18 milhões de visualizações no Facebook.

Depois da repercussão negativa por parte de algumas pessoas, que criticaram a forma que Matt escolheu para educar a filha, ele fez outro post dizendo que a menina não havia sofrido nada.

“A lição foi aprendida! Todos os membros dela seguem intactos, ela está feliz e saudável e ganhou uma nova perspectiva sobre bullying, assim como uma nova apreciação pelas coisas simples da vida”.

Assista ao vídeo abaixo:

Compartilhe: