Para fugir de estupro do pai, criança pula do 1° andar

Ela estava sozinha com o pai; a mãe saiu de casa na última semana

Por: Redação

Na manhã deste domingo, 8, uma criança de 10 anos teve que saltar do primeiro andar de um prédio no bairro Granja Lisboa, em Fortaleza (CE), para escapar do estupro do próprio pai. Depois da queda, ela teve que se rastejar para buscar ajuda dos vizinhos.

Segundo relatos, a garota implorou para entrar na casa de um dos vizinhos e o pai tentou persuadi-la a voltar, mas não teve sucesso. O vizinho chamou a polícia e o pai fugiu.

Crédito: Elza Fiúza/Agência BrasilPai é suspeito de estupro após a filha iniciar parto na escola

“Ela entrou se rastejando no chão, sentou na cadeira. Só tava um pouco sangrando, um pouco machucada e com dor na perna, no pé”, contou o vizinho ao G1. “A única coisa que eu fiz foi mandar ela entrar, fechei o portão.”

“Com pouco tempo o pai dela, sei lá o que ele é dela, desce. Falou nada demais, só disse que era filha dele, que ela não fizesse aquilo, que tava prejudicando ele. Eu disse ‘não, se ela tá prejudicando eu não sei, só sei que na minha casa você não entra, eu quero saber realmente o que tá acontecendo'”, disse.

Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e está internada no Centro de Pediatria do Instituto José Frota (IJF).

Segundo a polícia, o pai responde por furtos e assaltos a mão armada.

Abuso infantil é crime. Saiba como denunciar:

Disque 100: o serviço do Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes é coordenado e executado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Por meio do 100, o usuário pode denunciar violências contra crianças e adolescentes, colher informações acerca do paradeiro de crianças e adolescentes desaparecidos, tráfico de pessoas – independentemente da idade da vítima – e obter informações sobre os Conselhos Tutelares.

O serviço funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive nos finais de semana e feriados. As denúncias recebidas são analisadas e encaminhadas aos órgãos de defesa e responsabilização, conforme a competência, num prazo de 24h. A identidade do denunciante é mantida em absoluto sigilo (as informações são da UNICEF).

Compartilhe:

1
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
2
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
3
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
4
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
5
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
6
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
7
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
8
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …