Últimas notícias:

Loading...

Pastor de 85 anos é investigado por crimes sexuais em Goiânia

Abusos ocorriam em momentos de fragilidade emocional das vítimas

Por: Redação

O pastor Joaquim Gonçalves Silva, de 85 anos, está sendo acusado de abuso e importunação sexual por pelo menos quatro mulheres. Os casos teriam ocorrido entre 2002 e 2021 na Igreja Tabernáculo da Fé, em Goiânia.

Os relatos coincidem no fato de os abusos aconteceram em momentos em que as vítimas, abaladas emocionalmente, pediam conselhos ao líder religioso. Elas também relatam ameaças de “maldição”, caso o ato fosse revelado.

Crédito: Reprodução/TV AnhangueraPastor é investigado por crimes sexuais em igreja de Goiânia

Uma adolescente de 17 anos relatou que, em janeiro deste ano, o pastor a beijou quando estava buscando ajuda por problemas no casamento. “Passou a mão pelos meus seios e desceu até embaixo, quando eu o interrompi”, contou a jovem em um vídeo.

Outros três casos foram registrados na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), também entre janeiro e abril.

Uma vítima de 37 anos contou ter sido abusada em 2015. Outra, de 40, afirma que o assédio ocorreu em 2018. Por fim, uma mulher foi assediada entre 2002 e 2006.

“Quando contei para minha família, ele mandou um aviso, pelo meu irmão, que alguém iria machucar eu, meu marido e meu filho, caso eu o denunciasse”, contou à TV Anhanguera, filiada da Globo no estado.

A Igreja Tabernáculo da Fé ainda não se manifestou sobre as acusações.

Compartilhe:

Tags: #Abuso