Últimas notícias:
Loading...

Perfis no Twitter ridicularizam campanha que denuncia primeiro assédio sexual

A campanha #PrimeiroAssedio foi criada com o objetivo de incentivar as mulheres a denunciar o primeiro caso de assédio sexual que sofreram

Quando o caso de pedofilia envolvendo uma participante do MasterChef Júnior viralizou nas redes sociais, o coletivo feminista Think Olga lançou a hashtag #PrimeiroAssedio no Twitter. O objetivo da campanha é incentivar as mulheres a contar sobre o primeiro caso de assédio sexual que sofreram e expor um problema tão enraizado na sociedade.

No entanto, muitos perfis da rede social ridicularizaram a hashtag da iniciativa. Pessoas anônimas, algumas delas com perfil “fake”, satirizaram as denúncias de violência sexual feitas pelas jovens. Até famosos usaram a iniciativa como forma de deboche, como o músico Roger Rocha Moreira, da banda ‘Ultraje a Rigor’, que foi criticado por usuários do Twitter.

O músico usou a hashtag da campanha como forma de deboche
O músico usou a hashtag da campanha como forma de deboche

Denuncie

Para denunciar uma publicação do Twitter, clique nos três pontinhos que fica logo abaixo do tuíte, no lado direito. Clique em “Denunciar” e vá até a opção “É abusivo ou prejudicial”. Nos próximo passo, identifique a natureza da situação denunciada.

Veja mais posts: