Peru e Argentina debatem leis para punir e inibir cantadas agressivas

Por: Redação | Comunicar erro

O Peru acaba de aprovar a primeira lei da América Latina que pune abordagens e cantadas agressivas. Na Argentina, três projetos estão sendo debatidos para inibir essas práticas ofensivas na esfera federal e na capital. As informações são da Folha de S.Paulo.

O tema ganhou maior repercussão após uma jovem argentina publicar um vídeo nas redes sociais dizendo que usou gás de pimenta contra homens por estar cansada do assédio pelas ruas e por temer uma agressão sexual. De acordo com os defensores da lei e dos projetos, a ideia não é punir elogios, mas sim inibir cantadas, olhadas, toques, assovios e sons que pareçam insultos.

Reprodução
No Peru, a forma de aplicar as penas será analisada com a reforma do código penal do país

A deputada de Buenos Aires e autora de um dos projetos, Gabriela Alegre, diz que o problema “são atitudes que causem medo e humilhação”. A proposta dos países é tornar as denúncias e punições mais fáceis de serem feitas, com multas de 100 a 7 mil pesos (cerca de R$ 1.700) e prisão. Além disso, casos de perseguição, previstos em lei, devem ter pena agravada caso se prove conotação sexual do suspeito.

No Peru, a forma de aplicar as penas para as cantadas agressivas será analisada com a reforma do código penal do país.

Leia a reportagem na íntegra.

 

Compartilhe:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …