Últimas notícias:

Loading...

Polícia descobre túnel que daria acesso ao cofre de um banco

Dezesseis pessoas foram presas

Por: Redação

Nesta segunda-feira, 2, a Polícia Civil descobriu um túnel de 600 metros que daria acesso ao cofre principal do Banco do Brasil, localizado na Chácara Santo Antônio, em Santo Amaro, na zona sul da capital paulista. Dezesseis pessoas foram presas na zona norte onde se fabricavam as ferramentas. As informações são do “Agora São Paulo“.

Túnel tinha 600 metros e era possível que uma pessoa ficasse em pé dentro dele

O túnel começava em uma casa onde haviam ferramentas e alimentos armazenados. No buraco feito no chão que dava acesso ao túnel era possível que uma pessoa ficasse em pé e haviam madeiras e barras de ferro para a sustentação, além do buraco ser bem iluminado. Uma segunda casa próxima ao banco também foi alugada pela quadrilha.

Segundo o delegado Fábio Pinheiro Lopes, que investiga o caso, a quadrilha estava sendo monitorada há dois meses. “O investimento da quadrilha foi na faixa de R$ 4 milhões, segundo eles informaram, cada um dos participantes calçou R$ 200 mil e a estimativa deles era levar R$ 1 bilhão. Seria o maior assalto do mundo”, explicou.

Esse túnel estava sendo escavado há quatro meses e foi concluído na última quarta-feira, 27, e por isso o delegado disse que resolveram fazer a operação para prendê-los. Ao “Estadão“, a polícia informou que o ataque ao cofre ocorreria na noite desta segunda-feira, quando o piso do cofre seria perfurado.

Os presos responderão por tentativa de furto qualificado e associação criminosa. Dos 16 detidos, 12 deles apresentavam passagens por roubo, furto, tráfico de drogas, estelionato e porte de arma. Roupas, botas, ferramentas, objetos pessoais e seis automóveis foram apreendidos.

O túnel da zona sul é quase dez vezes maior do que o túnel feito em 2005 por uma quadrilha para roubar R$ 164 milhões do Banco Central em Fortaleza, com 75,4 metros de comprimento.

  • Leia também: 

Compartilhe: