Poluição do ar atinge 80% da população mundial, diz OMS

Por: Redação

Mais de 80% da população urbana em todo o mundo está exposta à poluição do ar, de acordo com um relatório divulgado em maio deste ano pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O estudo mostra que os mais vulneráveis a esses impactos são os jovens, idosos e pessoas com baixa renda.

Segundo a pesquisa, 98% das cidades de países pobres e em desenvolvimento, com mais de 100 mil habitantes, têm índices de qualidade do ar piores do que os recomendados. Já nos países ricos, a porcentagem de cidades que registram ar poluído cai para 56%.

O banco de dados da OMS reúne 3 mil cidades em 103 países, número que dobrou por causa da maior importância dada para a medição de níveis de poluição nos últimos anos.

A poluição do ar traz prejuízos à saúde da população

A organização comparou um total de 795 cidades em 67 países para os níveis de pequenas e finas partículas em suspensão (PM10 and PM2.5) durante um período de cinco anos, de 2008 a 2013. PM10 e PM2.5 incluem poluentes como sulfato, nitratos e carbono negro, que penetram profundamente nos pulmões e no sistema cardiovascular, causando os maiores riscos para a saúde humana.

O relatório também concluiu que, apesar de melhorias em algumas regiões, os níveis de poluição urbana atmosférica e global aumentaram 8%.

Leia a matéria na íntegra no site The City Fix Brasil

Compartilhe:

Tags:#Saúde