Prefeitura de Osasco confirma maus-tratos a cachorro no Carrefour

O caso gerou revolta nas redes sociais

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais | Comunicar erro
Relatos apontam que cachorro foi brutalmente agredido (Foto: Redes Sociais)

Seguem as investigações e aumenta a indignação com o caso do cachorro espancado no Carrefour de Osasco, que acabou morrendo devido à intensa perda de sangue. Testemunhas apontam como culpado um segurança da empresa CTS Vigilância e Segurança Privada, contratada pelo hipermercado.

Em nota oficial a prefeitura de Osasco diz que o Departamento de Fauna e Bem Estar Animal esteve no Carrefour da Av Autonomistas no dia 28, às 10h, para prestar atendimento a um cachorro ferido e sangrando. Diz a nota: “A equipe esteve no local e constatou a existência de um animal de espécie canina com sangramento intenso. O manejo foi realizado por um oficial de controle animal qualificado e o animal foi encaminhado ao departamento para atendimento emergencial”.

E descreve o estado do cão: “O animal deu entrada consciente no departamento em decúbito lateral (deitado de lado), mucosas anêmicas, hipotensão severa (pressão baixa), hipotermia intensa, hematêmese (vômito com sangue) e escoriações múltiplas. Apesar do tratamento instituído o animal veio a óbito”.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Compartilhe:

Autor: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.