Últimas notícias:

Loading...

Presidente do Chile condena Bolsonaro por declarações sobre Bachelet

'Não compartilho, em absoluto, a declaração feita por Bolsonaro'

Por: Redação

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, condenou nesta quarta-feira as ofensas de Jair Bolsonaro à ex-presidente Michelle Bachelet, atualmente Alta Comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos.

Presidente do Chile condena Bolsonaro por declarações sobre Bachelet
Presidente do Chile condena Bolsonaro por declarações sobre Bachelet

Segundo Bolsonaro, “a única coisa que ela tem igual” a sua mulher é o nome, pois “defende direitos humanos de vagabundos” e seu país “só não é uma Cuba” porque houve militares que “ tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai brigadeiro à época”.

O general de Brigada Aérea Alberto Bachelet foi torturado e morreu na prisão após se opor ao golpe de Estado que levou Augusto Pinochet ao comando do Chile, na década de 1970.

Um dos poucos aliados restantes de Bolsonaro na região, Piñera afirmou que “toda pessoa tem o direito de ter seu juízo histórico sobre os governos dos anos de 1970 e 1980, mas que estas visões devem ser expressas com respeito às pessoas”.

“Não compartilho, em absoluto, a menção feita pelo presidente Bolsonaro por respeito a uma ex-presidente do Chile e, especialmente, em um tema tão doloroso como a morte de seu pai”, destacou o presidente chileno, acrescentando que “é de público conhecimento meu permanente compromisso com a democracia, a liberdade, e ao respeito aos direitos humanos em todo o tempo, em todo lugar e em toda circunstância”.