CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Programa ‘Rio Sem Homofobia’ capacita policiais para proteger público LGBT

Dados recentes indicam uma morte a cada 28 horas por crimes de homofobia

Por: Redação

No dia 1º de março, um casal que se beijava em uma praça do bairro de Laranjeiras, no Rio de Janeiro, foi atacado em mais um episódio de Homofobia. O crime reacendeu o debate sobre possíveis atitudes que contenham agressões contra a população LGBT a poucos dias da inauguração do programa Rio Sem Homofobia.

A parceria, idealizada com a Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), tem como objeivo ampliar a formação de policiais civis e militares para casos de homofobia. O projeto, que deve ter início a partir de abril, pretende aumentar os 12% da corporação já capacitado, por meio de videoaulas e outros recursos.

Reproduçaõ
Nesta sexta-feira, um ‘Beijaço’ em Laranjeiras, protestará contra homofobia

Entre as propostas apresentadas pelo programa, os vídeos irão ensinar como detectar agressões homofóbicas, abordagem adequada e como conduzir as ocorrências. O material com as orientações estará disponível nos batalhões, além das aulas de atendimento a mulheres, menores e idosos.

Confira a matéria na íntegra no site do jornal O Globo.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.