CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Quem é o famoso youtuber citado por atirador da Nova Zelândia

PewDiePie está no topo da plataforma, com 89 milhões de seguidores!

Por: Redação

“Lembrem-se malta, subscrevam o PewDiePie”, disse Brenton Tarrant, um dos autores do massacre na Nova Zelândia, que deixou 49 mortos nas mesquitas em Christchurch, na Nova Zelândia. A frase foi dita na transmissão ao vivo feita pelo assassino durante a tragédia.

PewDiePie
Crédito: ReproduçãoPewDiePie foi recomendado pelo atirador da Nova Zelândia em vídeo ao vivo transmitido pelo autor do crime

Considerado o maior youtuber do mundo, com 89 milhões de seguidores, PewDiePie é o apelido famoso do sueco Felix Kjellberg, de 29 anos, que alimenta seu canal no YouTube com vídeos polêmicos, sobre os mais variados games e sua rotina pessoal, que já renderam no total mais de 20 bilhões de visualizações.

Em reação através do Twitter, o youtuber afirmou-se “enojado” com a situação. “Acabei de ouvir as notícias devastadoras de Christchurch na Nova Zelândia. Sinto-me absolutamente enojado em ter o nome pronunciado por esta pessoa. O meu coração e pensamentos estão com as vítimas, as famílias e por todos os afetados com esta tragédia”, escreveu.

Mas por que o atirador mencionou PewDiePie? Obviamente, existe a possibilidade de que Tarrant seja apenas mais um fã entre seus milhões. No entanto, o youtuber tem sido alvo de críticas ao longo dos anos, por conta do seu humor ácido, considerado muitas vezes preconceituoso por parte dos internautas.

Em 2017, Kjellberg perdeu grandes patrocinadores, como Disney e Google, após ter sido acusado de cometer atos de misoginia, racismo e antissemitismo em seus vídeos. Estima-se que ele fatura US$ 1 milhão por ano apenas com anúncios em seu canal. Na época, após o ocorrido, ele pediu desculpas publicamente.

Diante da polêmica atual e apesar de seu histórico, muitos seguidores estão defendendo o jovem sueco e têm se manifestado por meio de mensagens no Twitter, afirmando que Kjellberg nada tem a ver com o ataque terrorista.

Atentado na Nova Zelândia: veja também outros crimes que foram transmitidos ao vivo pelas redes sociais

1
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
2
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
3
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
4
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
5
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
6
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
7
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …
8
3 países que mostraram que é possível conter o coronavírus
Nova Zelândia, Alemanha e Taiwan. O que esses três locais têm em comum? Eles mostraram para o mundo que ações rápidas …