R$ 3 milhões em produtos Xiaomi são apreendidos na Black Friday

A apreensão foi feita por sonegação de impostos, como o ICMS, de smartphones como Redmi 8; Mi 9 SE; Mi 9 Lite; Redmi Note 8 Pro; Mi 9T Pro; Mi 9T

Por: Redação

Mais de R$ 3 milhões em 30 mil produtos da chinesa Xiaomi são apreendidos na Black Friday, numa megaoperação conduzida pela Secretaria Estadual da Fazenda e Planejamento de São Paulo (Sefaz-SP). A maioria dos confiscos envolvem comércio irregular dos produtos eletrônicos, feitos tanto em anúncios em lojas online na internet (marketplaces digitais) como em lojas físicas.

Crédito: Reprodução/Sefaz-SPR$ 3 milhões em produtos Xiaomi são apreendidos na Black Friday

Entre os dispositivos que foram confiscados havia tablets, 200 celulares, mais de 1000 smartwatches de uma “fabricante chinesa”, conforme apontado na publicação oficial do Portal da Fazenda de SP. Apesar de não ter sido mencionada a marca, fica evidente pelas fotos que os produtos são da Xiaomi, incluindo smartphones como Redmi 8, Mi 9 SE, Mi 9 Lite, Redmi Note 8 Pro, Mi 9T Pro, Mi 9T.

Crédito: Sefaz-SPR$ 3 milhões em produtos Xiaomi são apreendidos na Black Friday

Os produtos foram apreendidos por sonegação de impostos, sendo exigida uma comprovação de que o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) foi pago pelas empresas.

“Os contribuintes encontrados foram notificados e terão de comprovar a origem das mercadorias comercializadas e nas situações com importação, em caso de não comprovação, as empresas serão autuadas e deverão recolher o ICMS incidente para o Estado de São Paulo”, diz a Secretaria.

Segundo a Sefaz, somente as vendas onlines desses produtos resultou em R$ 675 milhões sem ICMS arrecadado. As equipes de fiscalização também foram a contribuintes que fizeram operações de importação de mercadorias de portos e aeroportos de outros estados, e que podem ter sonegado cerca de R$ 62 milhões do imposto sobre mercadorias.

Segundo informou a Sefaz, as autoridades tinham na operação 159 alvos em 45 municípios do Estado de São Paulo, mas 54 deles não foram localizados nos endereços cadastrados. Em consequência disso, eles terão suas inscrições estaduais (seus CNPJs)  suspensas.

Toda a operação movimentou 180 agentes, além de contar com o apoio da Polícia Civil e 16 Delegacias Regionais Tributárias do Estado de São Paulo.

1
Trump decide retomar taxação ao Brasil após desvalorização do real
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um post em sua rede social anunciando o retorno das tarifas de …
2
Entenda todos os desdobramentos das prisões em Alter do Chão
Os quatro brigadistas que haviam sido presos preventivamente na operação Fogo de Sairé, da Polícia Civil do Pará, deixaram a …
3
Ajude a manter vivo o sonho da única orquestra do mundo criada e manti
A Orquestra Sinfônica de Heliópolis é a única orquestra sinfônica do mundo mantida numa favela. Mensalmente são mais de 1.300 …
4
Novo partido de Bolsonaro participará das eleições em 2020?
Bolsonaro realizou na semana passada a convenção de lançamento de seu novo partido, a Aliança pelo Brasil, que terá o …
5
A indústria da morte nas estradas federais
Meses após a desativação dos radares móveis nas estradas federais do país, dados revelam um aumento nos casos de acidentes …
6
Governo Bolsonaro usa AI-5 como instrumento de ameaça?
Em viagem a Washington, nos Estados Unidos, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse a jornalistas para não se assustarem …
7
Bolsonaro e Witzel usam o Flamengo como palanque político?
Não é de hoje que o futebol é usado como palanque político no Brasil. A paixão nacional foi utilizada pelos …
8
Os sinais de um relacionamento abusivo
Identificar os sinais de um relacionamento abusivo e violento nem sempre é fácil. O controle é mascarado pela preocupação e …