Últimas notícias:

Loading...

Reação de Bolsonaro à aprovação da vacina contra covid é constrangedora

O presidente surpreendeu ou não fez nada além do que era esperado?

Ouça este conteúdo

Após a aprovação emergencial das vacinas de Oxford e Coronavac contra a covid-19 no Brasil, realizada na tarde deste domingo, 17, pela Anvisa, a reação mais esperada era a do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Afinal, em todos os países democráticos que já deram início à vacinação, o líder da nação comemorou essa vitória pela saúde. No Brasil, as coisas são um pouquinho diferentes.

Mulher negra recebe a primeira dose da Coronavac no Brasil

bolsonaro vacina
Crédito: Reprodução/InstagramReação de Bolsonaro à aprovação da vacina é constrangedora

Até a manhã desta segunda-feira, 18, Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre a vacina. Uma reação absurda e constrangedora para eleitores e não-eleitores do presidente. Até mesmo o ex-presidente dos EUA e ídolo de Bolsonaro, Donald Trump, comemorou quando a vacina Moderna foi aprovada no país norte-americano. “Congratulations, the Moderna vaccine is now available!” (Parabéns, a vacina Moderna está disponível), tuitou Trump à época.

O silêncio de Bolsonaro ao início da vacinação no Brasil tem sido bastante criticado nas redes sociais, e quem tem tirado proveito da situação é o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), que esteve à frente de toda a arquitetura do plano de vacinação, não só para seu estado, mas para o Brasil. Políticos, jornalistas, celebridades e sociedade civil em geral se manifestam para que Bolsonaro rompa o silêncio e incentive a vacinação entre a população.

Ele falou!

Após muita cobrança de políticos, jornalistas, celebridades e sociedade civil em geral, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) finalmente se manifestou a respeito da aprovação emergencial da vacina de Oxford e da Coronavac no Brasil.

Apesar de já ter dito inúmeras vezes que não investiria na “vachina do Doria”, Bolsonaro deu uma alfinetada no governador de São Paulo: “a vacina é do Brasil, não é de nenhum governador”. Veja mais aqui.


É importante lembrar que, no momento, o Brasil tem 209.868 óbitos e 8.483.105 casos confirmados de covid-19, com média móvel de morte perto das mil.


Veja as reações:

Se bem que…