Redução da desigualdade estagna e pobreza volta a crescer

Brasil é o nono país mais desigual do mundo, segundo relatório divulgado nesta segunda-feira, 26

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Getty ImagesFavela de Santa Marta e contraste social em um dos bairros mais nobres do Rio de Janeiro

Relatório divulgado nesta segunda-feira, 26, pela Organização Não Governamental Oxfam revela que, pela primeira vez em 15 anos, a desigualdade de renda se manteve estagnada no Brasil. Com isso, o país se tornou o nono mais desigual do mundo.

Desde 2002, o índice de Gini da renda familiar per capita caía anualmente até 2017, quando a taxa estacionou em 0,549 – a medida leva em conta que quanto mais próximo de zero, menor a desigualdade. Na avaliação da diretora-executiva da Oxfam Brasil, Katia Maia, a paralisação pode sinalizar um grande retrocesso no futuro.

Além da desigualdade de renda, o relatório “país estagnado’ mostra que o Brasil se manteve no mesmo patamar do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Em um ranking de 179 países, o Brasil aparece na 79ª posição.

O quesito renda teve maior impacto negativo de acordo com o levantamento, sobretudo no bolso daqueles que recebem os menores salários.

Além disso, o relatório também destaca outros fenômenos do colapso socioeconômico vivido no país:

  • número de pobres cresceu 11% em 1 ano, atingindo 15 milhões de brasileiros 2017 (7,2% da população)
  • rendimentos do trabalho dos 10% de brasileiros mais ricos cresceram 6% de 2016 para 2017; já entre os 50% mais pobres, a renda caiu 3,5%
  • rendimento médio do 1% mais rico é 36,3 vezes maior que o dos 50% mais pobres;
  •  a diferença salarial entre negros e brancos também aumentou: em 2017, negros ganhavam em média 53% dos rendimentos médios de brancos, ante 57% em 2016
  • pela 1ª vez desde 1990, o Brasil registrou alta na mortalidade infantil, que subiu de 13,3, em 2015, para 14 mortes por mil habitantes em 2016

Compartilhe:

Tags: #Brasil
1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …