Reportagem revela 46 casos de estupro em Uber, táxis e 99

O The Intercept Brasil fez o levantamento em seis estados do Brasil

Por: Redação
Mulher dentro de carro mexendo no celular
Crédito: Halbergman / iStockAo menos 70 pessoas relataram violência sexual em táxis e veículos de transporte particular

Uma reportagem do The Intercept Brasil, feita por Bruna de Lara e Tatiana Dias, revelou 46 casos de estupro em corridas de aplicativos, como Uber e 99, em seis estados do Brasil no período de 2016 a julho de 2018.

O site pediu às secretarias estaduais de segurança pública de todo o país o número de crimes e delitos sexuais envolvendo transportes por aplicativo. Das 27 solicitações feitas com base na Lei de Acesso à Informação, só oito foram respondidas. No entanto, apenas Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo enviaram os números de forma satisfatória.

Segundo a reportagem, nos últimos dois anos, ao menos 70 pessoas relataram ter sido vítimas de algum tipo de violência sexual em táxis e veículos de transporte particular (assédio sexual, ato obsceno, estupro, importunação ofensiva ao pudor e violação sexual mediante fraude – quando alguém droga a vítima, por exemplo, ou toma alguma outra atitude para dificultar ou inviabilizar a manifestação de sua vontade).

O número de crimes pode ser muito maior, pois a polícia não contabiliza os dados específicos ocorridos dentro de veículos, e as empresas não divulgam os casos à imprensa.

A Uber, que é líder em número de usuários entre as empresas, com mais de 20 milhões de passageiros cadastrados, também tem a maior quantidade de denúncias em todos os estados. Em São Paulo, 143 dos boletins mencionavam o aplicativo, contra seis da 99, que reúne 14 milhões de clientes. A Cabify, com 3 milhões de usuários, não foi citada em nenhuma das respostas que permitiram análises separadas por aplicativo.

Em nota, a Uber ressaltou que devido à popularidade do aplicativo, muitas vítimas podem ter citado a empresa por engano. De acordo com a assessoria, isso pode elevar injustamente o número de boletins em que a companhia é citada.

Veja a reportagem na íntegra.

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …