Últimas notícias:

Loading...

Repórter do JN é alvo de ataques racistas nas redes sociais

Equipe do Jornal Nacional lança campanha em apoio à colega de trabalho #somostodosmaju

Por: Redação

Entre alguns dos muitos mitos criados no Brasil, um dos mais comuns é dizer que por aqui “não existe racismo”. Recentemente, a jornalista Maria Julia Coutinho, repórter de meteorologia do Jornal Nacional, se tornou alvo de uma série de ataques racistas no Facebook.

Na página oficial do jornal mais assistido no Brasil, internautas passaram a atacar a repórter por meio de ofensas racistas como.“Só conseguiu emprego no JN por causa da das cotas, preta macaca” ou “Só foi ela chegar aí que o tempo ficou seco igualmente a um carvão em cinzas”. Em meio aos comentários um leitor saiu em defesa da jornalista.”Acabo de fazer um print de todos os comentários dessa postagem e irei levá-lo às autoridades cabíveis. Racismo é crime”.

Reprodução
Ofensas deram origem à campanha contra o preconceito nas redes sociais

#Somostodosmaju

Em repúdio ao episódio público de violência racial, os âncoras da bancada William Bonner e Renata Vasconcellos, também usaram as redes sociais para se manifestar em defesa de Maria Julia. Num vídeo de 23 segundos, os dois, acompanhados da equipe do programa, lançaram uma campanha para reforçar a luta contra o racismo no país com a hashtag #somostodosmaju.

Compartilhe: