Revista sobre mulheres arquitetas busca ajuda em financiamento coletivo

A revista 'Arquitetas Invisíveis' discute a questão de gênero na arquitetura e no urbanismo

Por: Redação

A revista “Arquitetas Invisíveis” foi criada para resgatar a memória de grandes arquitetas que acabaram “apagadas” da história pelo machismo e também para dar visibilidade à produção feminina, destacando a relação entre as mulheres e a cidade. Para o lançamento da primeira edição, as idealizadoras buscam ajuda por meio de financiamento coletivo.

A publicação será construída de forma colaborativa, desde a criação do conteúdo até o financiamento da impressão, e abrirá oportunidade para divulgação de trabalhos de pessoas que abordam o tema de gênero na arquitetura, além de contribuições em campos diversos das ciências humanas.

A revista quer dar voz às arquitetas que fizeram história

A “Arquitetas Invisíveis” deverá reunir artigos, resumos, opiniões, notícias, entrevistas, charges, desenhos, poesias, crônicas, cartas, entre outros. Nesta primeira edição, os trabalhos que serão desenvolvidos já foram selecionados por meio de um edital aberto, além do material produzido pelas criadoras do projeto.

A ideia é lançar uma edição da revista a cada ano e oferecer oportunidades para trocas entre pesquisadores do Brasil e do mundo – por isso a publicação será bilíngue (português e inglês).

Todo o dinheiro arrecadado com a campanha de financiamento será investido na publicação, custeando os gastos com edição, tradução, revisão, diagramação, impressão e distribuição. Os exemplares que não forem adquiridos por leitores serão doados para bibliotecas, centros acadêmicos, escolas e grupos de mulheres.

Assista ao vídeo:

Compartilhe: