Últimas notícias:

Loading...

Riachuelo reforça seu compromisso com a diversidade no Mês do Orgulho LGBTI+

Companhia que é signatária do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI + fortalece a importância dos compromissos pactuados

Por: Publi

Em 28 de Junho é celebrado o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+, em referência à Rebelião de Stonewall, ocorrida em 1969. Nesta data, liderados por Marsha P. Johnson, gays, lésbicas, bissexuais e pessoas trans marcharam contra uma ação violenta de policiais que atuavam no fechamento de um bar nova-iorquino, onde todo comunidade frequentava.

Desde então, todos os anos este é o mês em que se reúnem como forma de expressar e celebrar o orgulho em ser LGBTI+.

Riachuelo potencializa seu compromisso com a diversidade no Mês do Orgulho ao destacar a importância de ser uma das signatárias do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI +
Crédito: Ígor Guerra, 2019 (Divulgação)Riachuelo potencializa seu compromisso com a diversidade no Mês do Orgulho ao destacar a importância de ser uma das signatárias do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI +

Passados mais de 50 anos desde o ocorrido é possível notar alguns avanços, mas que ainda há muito por fazer para combater o preconceito e promover a igualdade dentro de nossa sociedade, quando falamos de pessoas LGBTI+.

Pensando no desafio de ser uma empresa diversa tanto para seus funcionários, quanto para seus clientes, que a Riachuelo tornou-se signatária do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI +, em 2019.

Toda esta articulação empresarial realizada pelo Fórum, promove o encontro de líderes de empresas com a comunidade LGBTI +, representantes de governos e órgãos da ONU, para construir um diálogo e a cooperação no cumprimento de 10 compromissos fundamentais para as companhias participantes:

  1. Comprometer-se, presidência e executivos, com o respeito e com a promoção dos direitos LGBTI +;
  2. Promover igualdade de oportunidades e tratamento justo às pessoas LGBTI +;
  3. Promover ambiente respeitoso, seguro e saudável para as pessoas LGBTI +;
  4. Sensibilizar e educar para o respeito aos direitos LGBTI +;
  5. Estimular e apoiar a criação de grupos de afinidade LGBTI +;
  6. Promover o respeito aos direitos LGBTI+ na comunicação e marketing;
  7. Promover o respeito aos direitos LGBTI+ no planejamento de produtos, serviços e atendimento aos clientes;
  8. Promover ações de desenvolvimento profissional de pessoas do segmento LGBTI +;
  9. Promover o desenvolvimento econômico e social das pessoas LGBTI + na cadeia de valor;
  10. Promover e apoiar ações em prol dos direitos LGBTI + na comunidade;

“Nos unimos ao Fórum por acreditar na visibilidade e promoção aos direitos LGBTI+. Aqui, trabalhamos para que as pessoas possam expressar sua individualidade, livre de rótulos e preconceitos”, afirma Mauro Mariz, diretor de Gente, Gestão e Sustentabilidade da Riachuelo.

“Além disso, estar junto ao Fórum fortalece nosso compromisso em desenvolver ações cada vez mais, para nosso público LGBTI+ e aliados, internos e externos. Quando falamos de diversidade, todas as pautas são importantes, afinal, ela sempre nos propicia amplitudes criativas e muito engajamento. Podemos destacar inclusive, o desenvolvimento de Grupos de Trabalho (GTs) para pautas de Gênero, Raça, PCD e LGBTI+, que desde sua existência desenvolvem embaixadores de diversidade”, afirma o diretor.

Com o início de suas atividades em julho de 2020, os GTs realizam encontros mensalmente, além de contar com talks específicos com a presença da diretoria da empresa e convidados. O principal objetivo dos Grupos de Trabalho é formar embaixadores que multipliquem, de fato, em suas áreas de trabalho e na sociedade a pauta de inclusão.

E a resposta a este trabalho já começa a ser sentida pela empresa: a última Pesquisa de Engajamento na Riachuelo, realizada pela consultoria inglesa Aon, revelou que 93% dos colaboradores consideram a companhia diversa e inclusiva.

“Nossas pesquisas apontam que 93% dos colaboradores estão satisfeitos com o trabalho que realizamos para incluir e trazer diversidade, mas estamos em um processo contínuo de evolução”, explica Valesca Magalhães, gerente sênior de sustentabilidade da Riachuelo.

Mauro Mariz também acredita que para ter um papel transformador na sociedade a Riachuelo deve exercer um trabalho contínuo e sempre com um olhar para o futuro. “Quando falamos de diversidade, temos um ponto de partida, mas a jornada é contínua. Pensando nisso, seguiremos com passos constantes dentro empresa para construir um ambiente e sociedade cada vez mais inclusivo”, conclui o diretor.