CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Saiba quem são os astros do esporte que patrocinam projetos sociais

De Michael Jordan e LeBron James até Cafu e Serena Williams. Veja como o apoio das personalidades transformam a realidade de milhares de crianças e jovens

Por: Brian Alan Parris

No mês passado, o jogador de futebol Sadio Mané, camisa 10 do Liverpool, Inglaterra, ganhou as manchetes do mundo inteiro após declarar em entrevista que prefere construir escolas do que colecionar bens materiais.

“Para que eu quero 10 Ferraris, 20 relógios com diamantes e dois aviões? O que isso faria pelo mundo? Eu passei fome, trabalhei no campo, joguei descalço e não fui ao colégio”, disse o atleta senegalês em entrevista para o portal Tele Dakar .

Com valor de mercado na casa dos 120 milhões de euros, Mané não deixa de fazer a diferença por onde passa e complementa.  “Hoje posso ajudar as pessoas. Prefiro construir escolas e dar comida ou roupa às pessoas pobres”, encerra.

Crédito: Reprodução/ Instagram Sadio ManeO atacante é um dos melhores jogadores do mundo na atualidade

Como no caso acima, o esporte pode mudar uma realidade e ser uma válvula de escape única para crianças, adultos, jovens e idosos driblarem situações que envolvam criminalidade, violência, fome e pobreza.

Em diferentes partes do planeta, ícones que prosperaram, estão revolucionando seus bairros, cidades e países natais, provando que o dinheiro além de glamour, é esperança de dias melhores. Conheça alguns nomes que são engajados com as causas sociais, olha só:

Conhecido mundialmente como ‘o melhor jogador de basquete de todos os tempos’, o ex-craque do Chicago Bulls, NBA (liga de basquete americana), transcendeu o jogo e marcou gerações. Negro e membro de uma família humilde da Carolina do Norte, Michael tornou-se um dos esportistas mais ricos do planeta por conta do marketing e dos patrocínios.

Integrando a lista de bilionários, o astro não esqueceu suas origens. No último dia 18 de outubro ele inaugurou-a-primeira-de-duas-clinicas-medicas" data-gtm-event-label="https://www.novanthealth.org/">inaugurou a primeira de duas clinicas médicas para pessoas de baixa renda na Carolina do Norte,  juntas, são avaliadas em R$ 33 milhões.

“Como podem ver, me emociona bastante ser capaz de devolver e contribuir com a comunidade que tem me sustentado por tantos anos”, disse emocionado na coletiva de imprensa feita antes do espaço ser inaugurado.

Reprodução/ Twitter Novant Health

Em setembro ele também contribuiu com cerca de 1 milhão de dólares para ajudar vitimas do furacão Dorian, nas Bahamas.

Além de ser um dos melhores jogadores da atualidade, o astro da NBA também é um excepcional apoiador de causas sociais. Ano passado, através da The LeBron James Family Foundation (A Fundação da Família LeBron James), uma de suas várias empresas, o craque inaugurou a ‘I Promise School’ (Escola Eu Prometo) em Akron, sua cidade natal, no estado de Ohio.

Reprodução/ I Promise School & Instagram LeBron James

O colégio comporta mais de 240 crianças e jovens carentes da região. Para virar realidade, o projeto contou com o apoio de empresas privadas e também órgãos públicos de Akron, tornando-se um dos mais importantes marcos na carreira do jogador, que na infância, já chegou a perder cerca de 100 dias de aula por problemas na estrutura da escola em que estudava.

“Como criança em Akron, eu me lembro de andar exatamente por essas ruas aqui perto e ir para a escola de bicicleta. Quando as pessoas me perguntam o porque de estarmos fazendo isso, minha resposta é clara: eu sei exatamente o que essas crianças passam, sei dos problemas, os desafios, os altos e baixos, os sonhos e os pesadelos porque eu também passei por isso”, disse o astro em seu emocionado discurso de abertura.

Pentacampeão do mundo com a seleção brasileira em 2002, o ex-jogador de futebol é um símbolo de sucesso e esperança. O craque homenageou seu bairro momentos antes de erguer a taça da Copa do Mundo no Japão, 17 anos atrás, apresentando o Jardim Irene, zona Sul de São Paulo, para milhões de pessoas.

O projeto da Fundação Cafu foi inaugurado em 2004, no bairro natal do craque e hoje atende cerca de 950 alunos. A ação disponibiliza atividades culturais, esportivas, educacionais e capacitação profissional, com o objetivo de afastar jovens da criminalidade e da violência que rodeia diversas periferias da cidade.

Reprodução/ Facebook Fundação Oficial Cafu

O ex-judoca e medalhista olímpico, ajuda a promover o Instituto Reação,  organização que enxerga o esporte como ferramenta de transformação na vida de jovens brasileiros – atingindo mais de 1500 crianças ao redor do país.

Reprodução/ Facebook Oficial Instituto Reação

Tida como uma das maiores tenistas da história do esporte, a americana é um símbolo de ativismo, partilhando suas conquistas com pessoas carentes ao redor do mundo. A Serena Williams Foundation oferece apoio para pessoas que já sofreram com crimes violentos, pessoas carentes e comunidades que foram afetadas por desastres naturais.

Reprodução/ Instagram Serena Williams Foundation
Por: Brian Alan Parris

1
Como vai funcionar a renda básica emergencial de R$ 600?
Os trabalhadores de baixa renda sem carteira assinada vão poder contar com uma renda básica emergencial do governo para lidar …
2
Bolsonaro prefere ser ‘do contra’ e luta sozinho contra o isolamento social
O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), insiste em desafiar as recomendações do Ministério da Saúde e da Organização …
3
E se Bolsonaro foi contaminado com coronavírus?
O que não passava de pura especulação e teoria da conspiração tem ganhado ares de verdade com novos capítulos envolvendo …
4
Coronavírus: Câmara aprova auxílio de R$600 para pessoas de baixa renda
A Câmara dos Deputados aprovou na quinta-feira, 26, uma medida que prevê o pagamento de R$600 para trabalhadores de baixa …
5
Bolsonaro e o coronavírus: um presidente na contramão do mundo
O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite de terça-feira, 24, pegou de surpresa integrantes do governo e …
6
Entenda a MP da Morte: da polêmica e revogação por Bolsonaro até o erro de redação de Guedes
Em apenas uma canetada o presidente Jair Bolsonaro autorizou empresas a suspenderem contratos com seus empregados por 4 meses, sem …
7
Coronavírus no RJ: a situação dos transportes e dos comércios
O Rio de Janeiro adotou medidas mais severas para conter o avanço do novo coronavírus. O governador do estado, Wilson …
8
Eduardo Bolsonaro cria crise diplomática ao culpar a China pelo coronavírus
O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) meteu o pé pelas mãos, botou a culpa do coronavírus totalmente na China e …