Senado retoma PEC de Magno Malta que proíbe todo tipo de aborto

Por maioria de votos foi aprovado nesta terça-feira, 12, o desarquivamento do projeto.

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: @magnomalta/ InstagramPEC de 2015 do ex-senador Magno Malta (ao centro), volta à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), devendo ser discutida nas próximas semanas

Por maioria de votos, o Senado Federal aprovou nesta terça-feira, 12, o desarquivamento do projeto que visa proibir o aborto em qualquer situação. Atualmente no Brasil é permitido interromper gestações decorrentes de estupro, que ofereçam risco de vida à mãe ou com feto anencéfalo, apenas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e até a vigésima semana de gravidez.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC), sobre “a inviolabilidade da vida desde a concepção” foi apresentada em 2015 pelo ex-senador Magno Malta (PR-ES) e agora volta à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), devendo ser discutida pelo colegiado nas próximas semanas.

Alguns senadores do PT tentaram, sem sucesso, evitar o desengavetamento do texto e pediram que a matéria fosse retirada pauta.

Movimentos favoráveis ao aborto reprovam a PEC alegando que ela tornaria crime casos já previstos por lei ou pela jurisprudência dos tribunais, ou seja, seria um retrocesso em direitos já garantidos, como informa artigo no site do Senado Federal.

Responsável por colher assinaturas para desarquivar a proposta, o senador Eduardo Girão (Pode-CE) negou ter a intenção de dificultar ainda mais a possibilidade de mulheres realizarem abortos. Segundo ele e os colegas que o apoiaram, a ideia é que o Senado defina os termos da lei, sem a “interferência” do Supremo Tribunal Federal, em referência à decisão de 2012 do Supremo Tribunal Federal (STF) que definiu que grávidas de fetos sem cérebro poderiam optar por interromper a gestação, conforme matéria do Estadão.

Porém, a página do Senado aponta que: “Ao pedir o desarquivamento da ‘PEC da Vida’, Eduardo Girão comentou que ela é ‘o sonho dos pró-vida brasileiros, que inclui na Constituição o direito à vida desde a concepção’”.

Compartilhe:

1 / 8
1
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
2
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
3
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
4
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
5
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …
6
01:38
O que é e o que faz o COAF?
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras é um órgão de inteligência do governo federal, criado em 1998, para combater …
7
01:51
Brumadinho e a situação das barragens de rejeito no Brasil
De acordo com informações da Agência Nacional de Água (ANA), existem mais de 24 mil barragens no Brasil. Desse total, …
8
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta terça-feira, 15, o decreto que flexibiliza a …