Senadora propõe que políticos cortem próprios salários e gastos

Por: Redação | Comunicar erro

A senadora Gleisi Hoffmann discursou pouco antes da decisão do governo em aprovar a PEC 55, que congela durante 20 anos os investimentos públicos, como em saúde, educação e, inclusive, o salário mínimo.

“Enquanto nós estamos no ar refrigerado aqui, votando uma PEC que vai desvincular saúde e a educação da Constituição, que vai reduzir o salário mínimo, nós vamos voltar a ter meio salário pra aposentado… Nós vamos ficar no ‘bem, bom’? Vamos ter coragem de enfrentar. Se nós queremos fazer, de fato, economia, comecemos por nós”.

Ela, que é contra o projeto que foi aprovado, sugeriu que os senadores tenham os seus salários cortados em 20%, assim, dando um exemplo para o país e mostrando que “o povo não precisa se sacrificar sozinho”.

Gleisi Hoffmann
Gleisi Hoffmann foi contra a aprovação da PEC 55

“Nós queremos diminuir o SUS, mas ex-senador tem tudo pago. Qual é a moral que nós temos pra cortar o salário mínimo, gente?! Vamos ter, pelo menos, a decência de começar a mexer pelo nosso”, disse Gleisi.

A senadora também é contra outros benefícios recebidos pelos políticos, inclusive, tem projetos que serão votados. Um deles é para acabar com os planos de saúde vitalícios dos parlamentares.

Outro, seria para diminuir em 10% a verba de gabinete e também reduzir para quatro (atualmente são 5) o número de passagens aéreas a que eles têm direito por mês. “Se só temos 4 finais de semana, pra que ter direito a cinco passagens?”, questionou a senadora.

Compartilhe:

Tags: #politica
1 / 8
1
02:09
Maioria reprova mudanças para o trânsito propostas por Bolsonaro
De acordo com uma pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo, dia 14, a maioria da população reprova o projeto de lei …
2
02:00
Jair Bolsonaro volta a defender filho Eduardo na embaixada nos EUA
Alvo de críticas desde a última semana por indicar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, …
3
04:13
Eduardo Bolsonaro ganha bolsa embaixada de seu pai
O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que pretende indicar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como embaixador do …
4
06:27
Previdência: entenda como pode ficar a sua aposentadoria
A Câmara dos Deputados aprovou com 379 votos o texto-base da reforma da Previdência. No entanto, a proposta ainda pode …
5
01:58
Desastre na Bahia: Barragem se rompe e moradores deixam suas casas
Uma barragem se rompeu na cidade de Pedro Alexandre, a 435 quilômetros de Salvador, na Bahia, na manhã desta quinta-feira, …
6
16:59
Glenn no Senado: confira os principais momentos do depoimento
O jornalista Glenn Greenwald, editor do portal The Intercept Brasil, foi ao Senado prestar esclarecimento sobre o vazamento das mensagens …
7
03:14
Dimenstein: Por que eu defendo a reforma da previdência?
A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 10, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a …
8
03:22
Dimenstein: por que eu defendo Tabata Amaral?
Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, …