Últimas notícias:

Loading...

SP: Homem ataca vizinha com soco e a mata na sequência

Segundo testemunhas, ambos moravam no mesmo andar, mas não tinham nenhum vínculo

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Veio a público neste domingo, 11, imagens de um homem atacando sua vizinha e a arrastando-a antes de matá-la em São Vicente, litoral de São Paulo. Após cometer o crime, o vigilante Washington Andrade de Jesus, de 36 anos, ateou fogo no apartamento, se jogou do 7º andar e morreu. De acordo com testemunhas, eles não se falavam, mas moravam no mesmo andar.

SP: Homem ataca vizinha com soco e a mata na sequência
Crédito: Reprodução/TwitterSP: Homem ataca vizinha com soco e a mata na sequência

Os vídeos de câmeras de monitoramento mostram momentos antes de Aline dos Santos Viana, de 32 anos, ser encontrada morta. O vigilante e vítima estavam no mesmo elevador, neste momento, já era possível perceber que ele já estava a observando, mesmo sem trocar nenhuma palavra com ela. O ataque a vizinha aconteceu na hora que ela estava saindo para trabalhar, por volta das 6h10.

Momento em que o homem dá o soco na mulher e ela desmaia
Crédito: Reprodução/TwitterMomento em que o homem dá o soco na mulher e ela desmaia

Quando os dois saíram do elevador, ele a deixou sair na frete, ficou rondando na garagem até a ela aparecer novamente. Sorrateiro, ele fica atrás dela, espera uma distração e a ataca com um soco forte no rosto. Aline desmaia na hora, e imagens das câmeras de vigilância mostram ele arrastando o corpo dela desacordada. Um pouco depois, próximo à escada do prédio, a mulher foi encontrada morta. A polícia está investigando se ela foi vítima de estupro.

O síndico do prédio ficou desconfiado e pediu para o marido de Aline procurá-la perto da escadaria. O corpo jogado estava no térreo. Com a vítima sem vida, a equipe da Polícia Militar acionada seguiu os passos de sangue e chegaram no apartamento onde o vigilante vivia.

Os agentes da polícia disseram que ele chegou a dizer algumas coisas, mas não foi possível compreender. Um tempo depois, começou a sair fumaça do local e um forte baque foi escutado. Ele tinha se jogado do sétimo andar e morreu na hora.

Pessoas conhecidas do homem disseram que não sabiam informar se existia algum vínculo entre ele e Aline. O corpo da vítima ainda vai passar por uma perícia. Além do marido, ela deixou duas filhas, uma de 7 meses e outra de 3 anos.

Com informações do G1.

Compartilhe: