STF divulga vídeo que comprova as acusações de Moro contra Bolsonaro

O vídeo não foi divulgado na íntegra, o ministro Celso de Melo impôs restrições para preservar relações diplomáticas

Por: Redação

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira, 22, divulgar o vídeo da reunião ministerial, do dia 22 de abril, que comprova as acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  tentou interferir politicamente no comando da Polícia Federal.

bolsonaro vídeo acusações moro
Crédito: Divulgação PRSTF divulga vídeo que comprova as acusações de Moro contra Bolsonaro

O vídeo não foi divulgado na íntegra, Celso de Melo impôs restrições atendendo a pedidos da Procuradoria-Geral da República (PGR) e da Advocacia-Geral da União (AGU), ambas contrárias à divulgação do conteúdo na íntegra.

A defesa de Moro pediu a divulgação na íntegra do vídeo, que deixaria claro o “tom autoritário” de Jair Bolsonaro.

O STF determinou a exclusão de trechos específicos em que há referência a dois países com os quais o Brasil mantém relação diplomática, informou o STF em nota.

Foram 50 mil acessos ao site do Supremo nos primeiros 17 minutos após a divulgação do vídeo da reunião e com isso o site ficou fora do ar. Internautas, encontraram dificuldades de acessar o vídeo e aqueles que conseguiram passaram a divulgar trechos no Twitter. Confira alguns deles: