Últimas notícias:

Loading...

Sul-coreana de 61 anos salva cães de virarem comida

Por: Redação

Comer carne de cachorro parece chocante pra você? Em alguns países asiáticos, os cães – acreditem! – são vistos como ingredientes da culinária tradicional.

Por isso, a sul-coreana Jung Myoung Sook, de 61 anos, resgata cães da rua e de restaurantes que servem a carne do animal.

Jung é catadora de lixo reciclável e abriga hoje mais de 200 cachorrinhos na propriedade em que vive. Como se não bastasse, ela já comprou animais que corriam perigo de ser vendidos a restaurantes que servem a carne canina.

Jung vive na cidade de Asan, na Coreia do Sul
Jung vive na cidade de Asan, na Coreia do Sul

Na Coreia do Sul, algumas pessoas ainda não entendem o amor que ela sente pelos cachorros. Por lá, amar cães é visto como algo estranho.

A catadora de lixo realiza os resgates há mais de 26 anos, e já mudou de casa várias vezes por causa das reclamações dos vizinhos que não gostam da bagunça e nem do barulho constante de latidos.

Jung, que também é faxineira de uma loja, diz que gasta US$ 1.600 por mês (cerca de R$ 6.200) com alimentação e medicamentos para os animais. Para conseguir sustentar e dar uma vida digna a todos, ela recebe ajuda com doações em dinheiro de parentes, amigos e até desconhecidos.

“Muita gente pergunta ‘por que esta mulher de meia idade, com cara de indigente, sorri o tempo todo?’, mas só me concentro em alimentar meus bebês. Sou feliz e saudável”, afirmou à agência Associated Press.

Leia a reportagem completa na Folha de S. Paulo.

Compartilhe:

?>