Transexuais fazem suas próprias versões da capa da ‘Vanity Fair’

Por: Redação

Depois que Caitlyn Jenner – a ex-atleta Bruce Jenner – estampou a capa da edição de junho da revista”Vanity Fair” assumindo identidade de gênero feminina, transexuais começaram a recriar a capa com suas fotos para chamar atenção para a causa.

Usando a hashtag #MyVanityFairCover (“minha capa da Vanity Fair”), os participantes da campanha pretendem alertas as pessoas sobre o preconceito e a intolerância com a transexualidade.

Divulgação
A capa com Caitlyn Jenner

A ideia partiu de duas amigas, Jenn Dolari e Crystal Frasier, que publicaram um texto no Tumblr dizendo que a capa de Jenner fez crescer o debate sobre a transexualidade, embora de forma limitada. Elas acreditam que o mundo acolhe apenas trans que tenha sorte ou dinheiro suficiente para se encaixar em certos padrões de beleza.

“Me senti frustrada, inútil e oprimida com as opiniões sobre mulheres transgênero e sobre como nos devemos parecer se quisermos ser levadas a sério. Mas nem todas podemos aderir a esses padrões. Nem todas queremos”, escreveu a dupla Crystal Frasier e Jenn Dolari.

Depois do texto, as amigas compartilharam sua própria versão da capa e convidaram outros internautas a fazer o mesmo. Confira:

Compartilhe: