Conheça Fawn, vaca sobrevivente da indústria do leite que superou problemas de locomoção

Informar

Veja 5 dicas para fazer um abaixo-assinado online vitorioso

Por: Change.org (Oficial) | Comunicar erro

A equipe da Change.org pesquisou vários abaixo-assinados vitoriosos, que trouxeram mudanças em 2014, e reuniu cinco dicas comuns a todos eles para ajudar quem quiser preparar o seu.

divulgação
O abaixo-assinado #LuzNaPraça conseguiu iluminar a Praça Professor Odorico M. de Souza, uma das mais escuras de São Paulo.

1) Faça um título simples, curto e atraente
É a primeira coisa a ser lida por quem vai participar do seu abaixo-assinado. Por isso, exige um cuidado especial. É importante sintetizar a ideia do que você quer mudar e não ultrapassar três linhas. Deve ser direto e atraente. Você pode colocar uma hashtag depois do título, o que ajuda a divulgar nas redes sociais. Como ocorreu com o #LuzNaPraça e o #LiberaAnvisa.

2) Diga quem tem o poder de mudar o que você deseja
“Tomador de decisão” é a pessoa ou organização que pode resolver o problema relatado no abaixo-assinado, seja o prefeito, o Ministério Público, uma empresa ou outra instituição. É importante escolher, no máximo, um ou dois tomadores de decisão, pois listar muitos facilita que eles “empurrem” a responsabilidade uns para os outros. Há exceções: uma petição para o Congresso Nacional, por exemplo, pode ter vários parlamentares como responsáveis. Na Change.org você pode cadastrar no seu abaixo-assinado o email do tomador de decisão para que ele receba centenas de mensagens cobrando uma solução. Quanto mais assinaturas, mais mensagens.

3) Faça um só pedido que tenha chances de se concretizar
Coisas impossíveis de serem alcançadas, como paz mundial ou fim da corrupção, são erros comuns nos abaixo-assinados. Pedir muitas demandas em uma só petição, como listar 10 questões a serem resolvidas pela prefeitura, também não funciona. A recomendação é evitar pedidos amplos demais: ao invés de “proteção para a Floresta Amazônica”, você pode pedir a criação de um parque ambiental em uma determinada área. Os abaixo-assinados são realmente efetivos, tanto para mobilizar mais pessoas quanto para conseguir uma mudança, quando eles apresentam demandas concretas e simples de serem captadas pelos usuários na internet. Na mobilização online, um passo de cada vez gera transformações mais sólidas.  A dica é pedir, por exemplo, que a prefeitura reabra uma escola ou que ela contrate um pediatra para o posto de saúde. Isto vai resolver esta demanda concreta e também chamar a atenção para a precariedade do serviço público.

4) Faça um texto didático com até 4 parágrafos
O texto é coração do abaixo-assinado, pois é nele que as pessoas entendem o que você quer mudar. Por isso ele precisa ser didático, simples e autoexplicativo. Não precisa de links para outras histórias nem referências exteriores como artigos científicos. É ideal que ele não ultrapasse 4 parágrafos, pois dificilmente as pessoas lerão mais do que isso. O primeiro parágrafo apresenta a demanda e mostra quem você é (profissão, idade, motivação para o abaixo-assinado). O segundo descreve mais a sua história pessoal e sua ligação com o problema – por que você se importa com isso? Os dois últimos parágrafos devem falar dos efeitos do abaixo-assinado. Para escrevê-los, a recomendação é que você responda a perguntas como: o que acontece se a mudança que eu pedi na petição for feita? Qual a chance do tomador de decisão nos ouvir? O que acontece se ninguém responder? É importante que o abaixo-assinado sensibilize as pessoas. Quanto mais pessoas forem tocadas pela história, mais elas vão apoiar. Elas irão entender que é uma luta de Davi contra Golias e que vale a pena ajudar.

5) Use as redes sociais para buscar apoiadores
É normal você sentir que já “cumpriu a missão” ao criar um abaixo-assinado. Mas o problema que você descreveu não se resolve sozinho. Você precisa chamar seus amigos para assinar, contar com colegas para divulgarem, fazer barulho com a petição. É importante mostrar que a petição é uma ferramenta de pressão. Ela só vai ser útil se você divulgá-la em todos os lugares, se reclamar com a autoridade responsável por telefone e internet. Quanto mais você chamar pessoas para assinarem e espalharem seu abaixo-assinado pela internet, mais chances ele tem de ser vitorioso. Os tomadores de decisão – sejam empresas, autoridades ou órgãos públicos – têm medo de que sua reputação fique manchada. Quando algo começa a se disseminar e eles veem o tamanho do barulho que está sendo feito e correm para responder e resolver o problema. Uma dica para convidar as pessoas a assinarem é colocar o texto /invite depois do endereço do abaixo-assinado. Isso abre uma ferramenta que manda mensagens aos seus amigos do Facebook. Veja o exemplo neste link.

Assista ao vídeo e conheça o que os abaixo-assinados vitoriosos têm em comum:

(Nota: as expressões “abaixo-assinado”, “petição”, “campanha” e “mobilização” são usadas neste texto como sinônimos).

Compartilhe:

Autor: Change.org (Oficial)

O site para você mudar o que quiser. São 230 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países — 12 milhões só no Brasil. Instagram: www.instagram.com/changeorg_br/

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Change.org Brasil da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.