Vem aí: Dia Nacional de Conscientização sobre Mudanças Climáticas

Durante toda esta semana, acompanhe nossas reflexões e compartilhe!

Por: Instituto Clima e Sociedade | Comunicar erro

O bem-estar de toda a humanidade está em jogo. Vamos lutar por saúde, segurança alimentar, cidades e desenvolvimento sustentável a médio e longo prazo?

Foto: Lidia Brasil
Foto: Lidia Brasil

Entramos em contagem regressiva para o Dia Nacional de Conscientização sobre Mudanças Climáticas. Dia 16 de março é a data oficial na qual toda a população brasileira é convocada a refletir sobre essa pauta que merece a nossa atenção. Debates, mobilizações escolares, universitárias, eventos e diferentes iniciativas de engajamento se estendem por todo o país. De acordo com os dados do último Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, da sigla em inglês), relatório oficial da ONU sobre os impactos da elevação da temperatura no mundo -e em nossas vidas-,  ainda é possível mitigar os impactos devastadores das mudanças climáticas. Porém, o tempo é curto e precisamos agir para que o aquecimento do planeta seja limitado em 1,5º C – em relação ao período pré-industrial.

Em que momento estamos?

Em dezembro, a COP24 foi palco das inúmeras negociações para definir as regras do Acordo de Paris. Estavam presentes mais de 190 países, comprometidos com a meta de limitar a temperatura média do planeta entre 1,5° e 2ºC. Isso, porém, só será possível se cada nação cumprir sua meta específica – a NDC. O Brasil, por exemplo, se comprometeu em 2015 a reduzir 37% das emissões até 2025 e 43% até 2030 – em comparação ao ano de 2005.

Para além dos eventos extremos, recorrências de secas e enchentes, lidamos também com os múltiplos riscos das mudanças climáticas para a saúde humana. Por isso estreamos hoje uma série especial de vídeos sobre as consequências e os impactos negativos do aumento da temperatura para o cotidiano das pessoas. O objetivo é apresentar alguns “gatilhos” e dados para compreensão sistêmica de um dos maiores desafios a serem enfrentados pela comunidade internacional.

Segundo Alice Amorim, coordenadora do portfólio de Política Climática e Engajamento do Instituto Clima e Sociedade, “as cidades são os lugares onde a relação entre saúde e clima acontecem, os impactos são mais sentidos e a gente ainda tem muito por fazer”. Dê play no vídeo da plataforma Diálogos Futuro Sustentável, que organiza eventos pautados na perspectiva climática sob o olhar de especialistas nacionais e internacionais.

Durante toda esta semana, acompanhe nossas reflexões e compartilhe!

1 / 8
1
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
2
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
3
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
4
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
5
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
6
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
7
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …
8
07:44
Saiba tudo sobre os métodos anticoncepcionais
Prevenção é essencial quando o assunto é relação sexual. Hoje, há outros modos de prevenção que vão além da pílula e …