Últimas notícias:

Loading...

Verbete de Simone de Beauvoir na Wikipedia é atacado após prova do Enem

Por: Redação

Depois de um trecho da obra da filósofa Simone de Beauvoir ser citado na prova do Enem deste sábado (24), o verbete em português da Wikipedia sobre a escritora francesa foi editado mais de 30 vezes.

Foram incluídas algumas frases que diziam que a autora escreveu livros de estupro e alguns usuários a acusaram de pedofilia – em referência ao boato de que a filósofa se envolvia com suas alunas.

Reprodução / Facebook
Beauvoir é nome fundamental do feminismo

Na prova do Enem, uma questão da parte de ciências humanas trazia um trecho do livro “O Segundo Sexo”, a principal obra da filósofa. No dia seguinte, no domingo (25), a redação veio com o tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira” . Os temas abordando o feminismo geraram muita polêmica na internet.

Reprodução / Instagram @FlyinOverseas
Trecho do livro de Beauvoir foi citado no Enem 2015

No domingo, a partir das 13h, segundo o histórico de edições do Wikipedia, usuários começaram a alterar o verbete sobre a escritora.

Em uma das edições, um usuário disse que a autora teria escrito “romances, monografias sobre filosofia, política, sociedade, ensaios, biografias e uma autobiografia. Só não entendia nada de biologia”.

Mais tarde, a frase foi editada para “Escreveu livro de estupro, monografias sobre filosofia, política, sociedade, ensaios, biografias e uma autobiografia”. Essas novas edições foram apagadas e rapidamente corrigidas.

A “Folha de S. Paulo” apurou que, depois de muitas edições feitas ao longo do dia, a página foi “protegida” e agora só pode ser editada por editores certificados pelo site.