Dimenstein: Luciano Hang revela que doença de Bolsonaro é contagiosa

Bolsonaro já revelou, por diversas vezes e com clareza, esse distúrbio, vendo inimigos imaginários em todos os lados

Por: Gilberto Dimenstein | Comunicar erro

Usando seu poder de patrocinador, Luciano Hang pediu a demissão da jornalista Rachel Sheherazade do SBT.

Um ambiente propício para pressão: além de patrocinador, estrelas do SBT, como Ratinho, recebem dinheiro para defender Bolsonaro. Há apoiadores ali como Danilo Gentili e o próprio Silvio Santos.

luciano hang e bolsonaro
Crédito: Reprodução/FacebookLuciano Hang, dono da Havan, atuou como um dos principais cabos eleitorais de Jair Bolsonaro

O que espanta é menos a pressão e mais o motivo: segundo Luciano Hang, a jornalista seria “comunista”.

Obviamente um absurdo – ela não tem nada de comunista.

É que, na era Bolsonaro, quem discorda do governo, é comunista, petista, esquerdista.

É o efeito da doença mental de Bolsonaro: síndrome de paranoia, movida a teorias de conspiração.

Bolsonaro já revelou, por diversas vezes e com clareza, esse distúrbio, vendo inimigos imaginários em todos os lados.

Basta lembrar que o guru de presidente, Olavo de Carvalho, tem duvidas sobre o formato da terra, sustenta que a ideia de que cigarro dá câncer é uma conspiração de médicos e desconfiança da vacinação.

Não importa que os médicos disseram que Adélio Bispo, autor da facada, é incapaz mentalmente. Nem que a PF não descobriu sinais de mandantes.

Adélio, na visão de Bolsonaro, continua parte do complô do “Sistema”.

Não importa que pessoas sensatas tenham alertado sobre a impropriedade de Carlos Bolsonaro, sem cargo, decidir sobre a comunicação do governo.

O que estaria por trás dos comentários, segundo Bolsonaro?

Querem afastá-lo do filho.

Com sua paranóia, Bolsonaro dorme ao lado de um revólver mesmo protegido no Palácio da Alvorada, cultiva a ideia de que aquecimento global não existe ( seria um complô comunista) e reverencia a tese da infiltração do marxismo cultural dominando veículos conservadores como Folha, Globo, Veja ou Estadão.

Com esse olhar que ele demitiu Bebianno, Santos Cruz, Joaquim Levy: estariam contaminados pelo inimigo.

É um mundo doentio dividido em “nós” contra “eles”.

E “nós” estaria ao lado de Deus.

Bolsonaro não cansa de se dizer como um enviado de Deus.

Autor: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.

1 / 8
1
02:32
Datafolha explica as vaias que Bolsonaro recebeu no Maracanã
Dois pontos da pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira, 8, pela Folha, mostram a pior notícia para Jair Bolsonaro. E se não …
2
03:33
O desequilíbrio de Bolsonaro na demissão de Joaquim Levy
O economista Joaquim Levy deixou a presidência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) neste domingo, 16. A …
3
02:28
Bolsonaro deveria ser processado por homicídio culposo
Está repercutindo no país o desfecho da morte da modelo Caroline Bittencourt. O empresário Jorge Sestini, marido de Caroline, será indiciado …
4
03:57
Guru de Bolsonaro está nu
DIREÇÃO: Gilberto Dimenstein COMENTÁRIO: Gilberto Dimenstein CAPTAÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC) EDIÇÃO: Daney Carvalho (DN|LC)
5
02:09
O PEIXE FEDEU PARA A FAMÍLIA BOLSONARO
6
07:22
Entenda o que é velha política
“Descomplicando” é um programa que discute as notícias e assuntos do momento, aprofundando e refletindo sobre seu significado e consequências …
7
03:32
MINISTRO DE BOLSONARO DEFENDE GUERRILHEIRA DILMA
8
04:47
TÁBATA DÁ UMA MARAVILHOSA LIÇÃO AO BRASIL DE BOLSONARO