10 cinebiografias emocionantes para assistir no Netflix

Por: Redação | Comunicar erro
divulgação
“Piaf – Um Hino ao Amor” traz Marion Cotillard no papel da cantora francesa reconhecida internacionalmente; pela inerpretação levou o Oscar de Melhor Atriz em 2008

Grandes personalidades da história da política e das artes foram retratadas no cinema em obras de grande prestígio tanto da crítica quanto do público. É o caso, por exemplo, de “Capote” – cinebiografia premiada sobre o escritor americano, pioneiro do jornalismo literário.

Se você é fã de dramas biográficos: prepare-se. Montamos uma lista especial com 10 produções disponíveis na plataforma de streaming de filmes e vídeos Netflix. Vale lembrar que a plataforma oferece acesso gratuito a todo o catálogo durante 30 dias.

Prepare a pipoca, escolha um lugar no sofá e dê o play.

Frida

“Frida”

Baseado na biografia da pintora mexicana Frida Kahlo, o filme enfoca a vida amorosa da artista (aqui vivida por Salma Hayek). Desde seu casamento aberto com Diego Rivera (Alfred Molina), com quem revolucionou o mundo das artes – especialmente a mexicana -; passando por seu controverso caso com o político Leon Trotsky (Geoffrey Rush); e culminando nos seus provocantes romances com mulheres. 

Diana

“Diana”

Um dos nomes mais emblemáticos que passaram pela realeza britântica, princesa Diana tem os últimos dois últimos anos de sua vida repassados. Já separada do príncipe Charles, com quem teve seus dois filhos, Lady Di vive o polêmico relacionamento com o cirurgião paquistanês Hasnat Khan. A relação durou dois anos e terminou poucos meses antes do acidente que matou a Princesa.

Piaf

“Piaf – Um Hino ao Amor”

Nascida no bairro de Belleville, em Paris, Édith Giovanna Gassion (Marion Cotillard) demorou a conquistar prestígio como cantora em seu país. Após anos na estrada, acabou sendo descoberta por um caça-talentos que lhe apelidou de Piaf (passarinho, em francês) e lhe deu a oportunidade de cantar em alguns cabarés bem freqüentados. O nome Edith Piaf passou, então, a ser reconhecido por toda a Europa, região que vive um período de guerras e tristes canções.

Amadeus

“Amadeus”

É uma adaptação da peça sobre a vida de Mozart, o gênio da música. A história foca em Salieri (Abraham), músico contemporâneo de Mozart (Tom Hulce) que, ao mesmo tempo em que admira e inveja o talento do compositor, o despreza por seu comportanto grosseiro. Salieri se pergunta por que Deus deu tamanho talento a alguém tão vulgar, enquanto ele, esforçado e devoto, está tão aquém de tal genialidade. A inveja torna Salieri um rival, disposto a usar sua influência na corte de Viena para sabotar Mozart.

Capote

“Capote”

Cinebiografia do escritor Truman Capote (Philip Seymour Hoffman). O filme foca principalmente o período em que fez reportagens para seu livro mais marcante, A Sangue Frio, sobre o assassinato de uma família de Kansas, cometido por uma dupla de forasteiros. Nesse período, o escritor desenvolveu uma estreita relação com Perry Smith (Clifton Collins Jr.), um dos assassinos.

Mandela

“Mandela – Luta Pela Liberdade”

O filme acompanha como a vida de um homem racista (Joseph Fiennes) muda completamente por conta de sua convivência por 20 anos com um negro, prisioneiro do qual cuidou nesse período. O prisioneiro era ninguém menos do que Nelson Mandela (Dennis Haysbert).

Che

“Che”

A primeira parte do filme sobre a trajetória do líder revolucionário argentino Ernesto Guevara de la Serna, mais conhecido como Che Guevara (Benicio Del Toro), tem início no ano de 1956, quando Che e exilados cubanos, como Fidel Castro (Demián Bichir), encontram-se no México, articulando resistência militar contra o governo ditador de Fulgencio Batista, em Cuba.

O

“O Lobo de Wall Street”

A história de Belfort (DiCaprio), corretor da Bolsa de Valores americana, que cumpriu pena de 20 anos de prisão porque se recusou a colaborar com as investigações de um caso de fraude bancária que envolvia corrupção em Wall Street e até negócios com a máfia.

A

“A Jovem Rainha Vitória”

Apropriando-se de elementos da realidade, drama mostra os primeiros anos de reinado da rainha Victoria (Emily Blunt), do Reino Unido, e seu eterno romance com o príncipe Albert (Rupert Friend).

Gandhi

“Gandhi”

A história do líder político e espiritual da Índia, Mahatma Gandhi. No início do século 20, o advogado inglês Mohandas K. Gandhi (Ben Kingsley), abre mão de tudo em sua vida para defender a independência da Índia. Adotando a tática da resistência pacífica, ele leva seu povo a enfrentar o exército inglês com a ordem de não derramar uma gota de sangue. Um dos mais difíceis e trabalhosos épicos já realizados.

1 / 8
1
02:47
Não existe nada por acaso
Um dos melhores intérpretes da MPB, Simoninha doou o seu talento à Orquestra Sinfônica Heliópolis em um show no Masp …
2
04:36
Brasileira cria aplicativo que promove a inclusão
"Brainy Mouse" é o nome do aplicativo que une criatividade, inclusão e tecnologia. Criado pela brasileira Ana Sarrizo esse jogo carrega …
3
04:17
Restaurante brasileiro é referência mundial de sustentabilidade
Sair para comer fora também pode ser um ato de resistência contra a destruição do planeta – e isso vale …
4
01:41
As camisas dos verdadeiros campeões
Você está vendo essa criança com camisa de futebol? Essa não é uma camisa comum, na realidade ela é uma …
5
01:47
Mestres da Criatividade: Grafites atropelam a intolerância
Um movimento de arte em favor do amor e contra a intolerância surgiu nas ruas de Berlim: Paint Back, promovido …
6
04:53
Como a passagem de um livro virou uma música sublime
Numa passagem da obra-prima "O tempo e o Vento", de Érico Veríssimo, a protagonista Ana Terra se encanta com sua …
7
01:39
Mestres da Criatividade: doação de alimentos sem sair de casa
Mais de 7 milhões de pessoas têm algum tipo de dificuldade para comprar alimentos. Pensando em reduzir esse desigualdade, a …
8
02:11
Drones do bem: tecnologia que salva vidas
Você já conhece os drones, pequenas aeronaves não tripuladas controladas remotamente, certo? O objetivo inicial desses dispositivos era militar, permitindo que …