Últimas notícias:

Loading...

A casa do filme Parasita e seu arquiteto fictício, apaixonado pelo Sol

Contemporânea, ela tem uma fachada de vidro impressionante. No final do filme Parasita, todos se perguntam: "Essa casa existe mesmo?"

Por: Casa.com.br

Esse texto não tem spoiler (eu acho). E acredito que você tenha caído aqui porque já viu o filme Parasita e procurou algo sobre aquela casa. Vou contar como ela foi projetada. E também como se desenvolveu a pesquisa que definiu o local onde a família pobre vivia. Não dá para falar de uma casa sem falar da outra.

Crédito: Divulgação/Casa.com.brLinhas retas e estilo contemporâneo da casa da família rica

O filme sul-coreano que ganhou Palma de Ouro no Festival de Cannes 2019, dirigido e roteirizado por Bong Joo-Ho, conseguiu sintetizar o contraste social do nosso tempo no jeito de morar de duas famílias. E me tocou profundamente a delicadeza com que a casa principal, projetada por um arquiteto fictício, chamado Namgoong Hyeonja, se torna o desejo e o símbolo de ascensão. Não é o carro. Não é o tênis. Não é a jóia. É a casa. Ou… talvez… seja o Sol.

cena do filme Parasita, com a casa ao fundo
Crédito: Divulgação/Casa.com.brO jardim na entrada da casa e o primeiro deslumbramento do personagem com o lugar

Em entrevista a revistas internacionais logo que o filme foi lançado, diretor Bon Joo-Ho disse que a casa, personagem importante desse enredo, precisava de muito Sol. Segundo ele, a classe social em que uma pessoa está inserida determina a quantidade de luz natural que ela receberá durante o dia.

Quanto mais pobre, menos janelas ou janelas menores. Quanto mais rico, mais janelas e janelas maiores. Esse briefing foi fundamental para o cenógrafo Lee Ha Jun, que percorreu inúmeros terrenos vazios observando exatamente como era o deslocamento da luz do Sol ao longo do dia. Era preciso também entender a locação com o olhar de um arquiteto moderno e famoso.

Na história, a governanta da casa fala de Namgoong Hyeonja como se ele fosse, efetivamente, um profissional conhecido (eu confesso que queria muito ligar o celular no meio do filme para checar no Google se o arquiteto existia mesmo).

janela de vidro enorme dá vista ao jardim da casa do filme Parasita
Crédito: Divulgação/Casa.com.brDa imensa janela de vidro se vê o jardim. Ricos têm mais acesso a luz natural

Continue lendo aqui.

Texto escrito por Marcia Carini, da Casa.com.br.

Em parceria com a Catraca Livre, a Casa.com.br vai publicar conteúdos sobre urbanidade, sustentabilidade, arquitetura, faça você mesmo, dicas para sua casa e decoração. Confira tudo neste link.

Compartilhe:

Tags: #Como fazer