A Rainha da Maldade

Por: Redação

A Mulher por trás de Odete Roitman

Considerada uma das vilãs mais famosas da teledramaturgia brasileira, Odete Roitman conseguiu fazer com que o público voltasse a revê-la, durante a madrugada, após vinte e dois anos da exibição da obra de Gilberto Braga. A indagação que se tornou máxima “Quem matou Odete Roitman”? é conhecida mesmo por quem não viveu na época do folhetim. O mérito é todo de Beatriz Segall. Ela é a diva que imortalizou a personagem e também ícone de sua classe.

Escrito pela jornalista Nilu Lebert, essa é uma de suas contribuições para a coleção Aplauso da Imprensa Oficial.

Logo na apresentação Nilu abre o diálogo com o leitor dizendo:

“Se preferir encare como um livro de auto-ajuda. Por que não? Mas não espere baboseiras, nem conselhos. Embarque na fala solta e articulada de uma professora de vida inteira que nunca escondeu que sua missão é ensinar, como atriz, sobre ética, amizade, dignidade e amor pela profissão”, coloca.

Baixe o livro na íntegra

Compartilhe: