Últimas notícias:

Loading...

Artista coloca seu rosto em 400 selfies de nudez e questiona identidade e vulnerabilidade na internet

Conheça também o aplicativo brasileiro que combate o slut shaming

Por: Redação

A artista Julian Mayer realizou um experimento de identidade e sexualidade na era da internet. No projeto 400 Nudes, ela expôs o seu rosto em 400 selfies de mulheres nuas que encontrou na internet.

Atualmente, o trabalho está exposto no Museu de Arte Contemporânea de Montreal, Canadá.

Ela já havia desenvolvido outros trabalhos relacionados à identidade e existência da vida real e on-line, até que começou a ler sobre a questão da nudez.

Em sua pesquisa, Julian Mayer leu um artigo que dava dicas para garotas tirarem selfies nuas e uma das recomendações era não mostrar o rosto.

Ela percebeu que, apesar da intenção em proteger as mulheres, a dica já pressuponha que as mulheres seriam traídas.

A artista também declarou que essas fotos sofrem uma dualidade: as mulheres sentem-se poderosas no instante da foto, mas também estão entregues à vulnerabilidade da internet., que pode render constrangimentos pessoais e profissionais.

A maioria das fotos foi encontrada em sites pornográficos de “vingança”.

Via Brasil Post. 

Compartilhe:

Tags: #Internet