Biografia de Johnny Cash chega às livrarias

Por: Redação
O compositor norte-americano Johnny Cash

“Transformar a música em quadrinhos”. Essa era a intenção do quadrinhista alemão Reinhard Kleist, “Cash- I See a Darkness”, traduzida para o português pelo especialista no universo HQ, Augusto Paim.

“Tentei integrar as músicas não apenas nas cenas em que as pessoas cantam. Minha ideia foi ilustrar algumas das canções de Cash como se fossem pequenas histórias. A maioria de suas músicas contam uma história e Cash é um incrível contador de histórias. Ele usa o estilo musical para ilustrar as letras das músicas. Assim, o leitor encontrará no livro canções ilustradas como “Don’t take your guns to town”, “Cocaine blues” ou “Boy named Sue”, entre outras. Elas aparecem em partes do livro nas quais há uma conexão entre a história das canções e a narrativa principal”, coloca Kleist em entrevista a editora.

reprodução
Cena da graphic novel

A obra do premiado quadrinhista alemão Reinhard Kleist foi publicada pela primeira vez em 2006, mesmo ano em que a película “Johnny & June” ganhou os cinemas. No mesmo ano ganhou prêmio de Melhor Livro de Quadrinhos Alemão na Feira do Livro de Munique.

Em 2007, recebeu a mesma premiação na Feira de Livro de Frankfurt. De lá ganhou traduções em diversas línguas. Em 2008, foi premiada como a Melhor Graphic Novel alemã do ano. Em 2009, a versão em francês ganhou Festival Literário Deauville.

Em 2010, o quadrinista alemão foi indicado ao “Eisner Award 2010” como Melhor Escritor/Artista de Quadrinhos de Não Ficção por sua biografia. Kleist é autor também de “Castro”, biografia do líder político Fidel Castro.

Leia aqui mais sobre a entrevista concedida ao blog da editora

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.