Conheça os verdadeiros objetivos dos jogos Paciência e Campo Minado

Por: Redação

Quando foi criado pela Microsoft, o jogo “Paciência”, popular nos anos 1990 e 2000, não tinha apenas o objetivo de entreter. De acordo com a edição britânica da revista “Mental Floss“, ele foi criado para treinar habilidades dos novos usuários de computador, em uma época em que as pessoas não estavam acostumadas com as funções e comandos básicos das máquinas.

O “Paciência” estreou no Windows 3.0 (1990) e teve o intuito de ensinar o uso do mouse (clicar e arrastar) aos usuários sem que eles percebessem. Já o “Campo Minado”, que chegou com o Windows 3.1 (1992), teve a intenção de acostumar as pessoas a clicar com os botões direito e esquerdo, além de ajudar a aumentar a velocidade e precisão no movimento do mouse.

O jogo “Paciência” foi criado para treinar as habilidades dos usuários

Outros jogos, como “FreeCell” e o “Copas”, foram criados para a parte tecnológica. O primeiro servia para testar a camada thunking de 32 bits no Windows 3.1. Caso houvesse algum problema, o jogo não era executado. O segundo procurava estimular o uso da tecnologia NetDDE, que conectava jogadores em uma rede local.

Após anos de sucesso entre os usuários, a Microsoft lançou o Windows 8, em 2012, sem adicionar esses jogos ao sistema. Mas, neste ano, o Windows 10 trouxe o “Paciência” e deixou os outros “clássicos de escritório” no passado disponíveis na Windows Store.

O “Campo Minado” teve a intenção de acostumar as pessoas a clicar com os botões direito e esquerdo do mouse

Compartilhe: