Conheça Relic Hunters Zero, um jogo brasileiro que é programável e de graça

Por: Catraca Livre
Divulgação
Conheça o jogo brasileiro que é gratuito e programável

Relic Hunters Zero chegou no Steam, de graça, no dia 18 de agosto e é um jogo retrô criado pelos rapazes da Rogue Snail, Marcos Venturelli (ex-Critical Studio, do Rio de Janeiro) e Betu Souza (Behold Studios, de Brasília). A história do game é espacial, com o vilão Duke Duncan criando labirintos em asteroides para dominar a galáxia com seus patos.

Dentro do jogo, os personagens possuem uma estética que lembra games japoneses e são “chibi”, ou seja, lembram bastante crianças. A trilha sonora é eletrônica e bem sincronizada com o barulho de tiroteio. Jogando com amigos, grandes serão as chances de você acertar disparos no seu parceiro. Então, embora o objetivo seja simples – eliminar os adversários -, é necessário que você tenha alguma estratégia nos ataques.

Gostou do jogo? Quer aprender a fazer pixel art para videogames? Relic Hunters permite configurar novas armas pelo Game Maker Studio. O código dele é aberto (open source). Marcos Venturelli criou um tutorial em inglês que ensina a configurar e a criar suas armas. Se você curte e quer aprender a fazer design de games, tem que ler o manual de instruções neste site.

Para conhecer mais sobre Relic Hunters, confira abaixo o gameplay feito pelo parceiro Bonus Stage e a resenha completa, com as notas, do site Drops de Jogos.

Leia a resenha completa do jogo no Drops de Jogos.

Compartilhe: