Fotos das casas de jovens brasileiros que moram sozinhos

Texto e fotos por Guilherme Santana

Desgarrar-se da casa dos pais pode significar assumir ainda mais seus desejos e sua personalidade para além do seu quarto, além de poder (e ter de) fazer coisas que lhe foram negadas pelas normas familiares. Ao morar sozinho, você poderá finalmente manter a sua bagunça em paz. Ninguém vai reclamar. É o momento certo para o sujeito ter os animais que quiser, desde que ele esteja disposto a arcar com o custo para alimentar mais bocas e recolher a bosta que vem depois. Ou não. Entre dar festas e poder andar pelado pelos corredores, os motivos para deixar o papai e a mamãe bem longe podem variar, mas o acréscimo de liberdade é sempre um denominador comum – o que também não faz a fórmula funcionar às mil maravilhas igual ao que muita gente espera.

Dando um rolê pela cidade de São Paulo e pela Serra do Mar para encontrar alguns amigos e até desconhecidos que seguiram pelos caminhos da vida própria, visitei casas e apartamentos montados à imagem e à semelhança de seus inquilinos, revelando tanto as excentricidades quanto as qualidades e defeitos que só a privacidade de uma pessoa nos permite enxergar. Saca só:

EDGAR BEI, 28, ARTISTA VISUAL, SALESÓPÓLIS, SP

VICE: Quando e por que você se mudou pra cá?
Edgar Bei: Eu queria gravar um filme de surrealismo com mulheres nuas; então, vim para essa casa. Os desenhos, esculturas, fotos e as outras coisas nas paredes, fiz para criar o cenário ideal para o filme. Faz seis anos que estou gravando e pretendo ficar mais quatro. Eu tenho de morar no lugar onde trabalho. Pra mim, não existe essa divisão entre trabalho e lazer, sacou?

Sim, saquei. E você costuma limpar a casa?
Não sou muito de lavar louça; então, às vezes, jogo inseticida na pia para espantar os mosquitos e acendo um incenso pra não ficar fedendo. De resto, tem uma mulher que vem aqui de vez em quando limpar a casa. Como eu gosto de ficar pelado, e minhas modelos também, no primeiro dia de trabalho da faxineira, eu pedi que ela ficasse pelada pra ver se ela ia se acostumar com o meu estilo de vida. E olha que deu certo.

Parece que recentemente rolou uma festa aqui.
Às vezes, eu vou fazer fotos de mulheres nuas, e elas trazem as amigas; depois, vai um chamando o outro, e, de repente, tem uma festa rolando. É difícil um dia sem festa aqui, e é bem provável que logo mais chegue alguém. É acordar, comer um monte de frutas, tomar LSD e fazer festa, né? E como minha casa é rodeada por pastos, a gente acaba achando uns cogumelos de vez em quando. Mas eu tenho de trabalhar também. Pensando bem, a verdade é que meu trabalho é brincar o dia todo.

Como você faz pra se alimentar?
A base da minha alimentação é batata frita, sorvete e frutas, mas, de vez em quando, eu preciso sair pra comer. O problema é que aqui, na Serra do Mar, tem pouquíssimos restaurantes, e eu devo dinheiro pra quase todos os restaurantes da cidade. Mas o bom é que a maioria deles continua me aceitando.

Você já teve problemas com alguém da região?
Ah, quando eu e meus amigos cruzamos na rua com as beatas da cidade, elas fazem o sinal da cruz. A polícia já veio algumas vezes aqui em casa, mas…  [Continue lendo aqui.]

1 / 8
1
09:00
Dim Brinquedim e a arte do brincar
O artista cearense Antonio Jader Pereira dos Santos, também conhecido como "Dim Brinquedim", é o fundador do Museu Brinquedim em …
2
05:46
Criatividade e talento na dança de Deborah Colker
A renomada coreógrafa brasileira Deborah Colker está com sua nova apresentação "Cão sem plumas" rodando mundo a fora. Nossa equipe foi …
3
09:08
A magia dos arranjos musicais
O compositor e multi-instrumentista Antonio Loureiro é entrevistado pelo jornalista Gilberto Dimenstein neste novo vídeo da série Mestres da Criatividade. A …
4
05:33
Chega de embalagens: preservando o meio ambiente
Já pensou entrar em um supermercado em que os produtos são todos vendidos a granel, sem embalagens? Você leva o …
5
02:35
Criatividade e Solidariedade: transformando a dor em beleza.
A vida do garoto Angelo Henry, morto em 2014, inspirou uma linda história de solidariedade que ressoará na vida de …
6
01:17
A mãe que reescreveu a história da sua filha
O que uma mãe não faz por seus filhos? A Alessandra, mãe da Naná, notou que às vezes havia uma certa …
7
02:47
Não existe nada por acaso
Um dos melhores intérpretes da MPB, Simoninha doou o seu talento à Orquestra Sinfônica Heliópolis em um show no Masp …
8
04:36
Brasileira cria aplicativo que promove a inclusão
"Brainy Mouse" é o nome do aplicativo que une criatividade, inclusão e tecnologia. Criado pela brasileira Ana Sarrizo esse jogo carrega …