Três documentários que falam sobre poliamor e suas infinitas maneiras de dizer ‘eu te amo’

Curtos, fáceis e direto ao ponto: entenda os diferentes conceitos de relacionamento

Por: Redação

O que é o amor ? Como defini-lo? Para uma pergunta tão difícil, inúmeras são as respostas e possibilidades. Ciúme, posse, mono ou poligamia, amor livre, traição: ingredientes de uma receita não desvendada, de vários sabores e temperos.

Para abordar o tema “amor”, o Catraca Livre separou três documentários que retratam o assunto – partindo de um ponto de vista menos tradicional que aquele ‘feliz’ casal da novela das oito.

Para saber do que estamos falando, dê uma conferida o/

Por vivermos em uma sociedade, é de extrema importância que haja uma reflexão sobre os relacionamentos afetivos que mantemos, e, para isso, é bom conhecer a história por trás da estrutura das relações. Em um mundo onde tantos anseiam pela liberdade, é válido que ela se faça presente em diversos aspectos.

Assista ao documentário Poliamor (Brasil, 15 min, 2010), do diretor José Agripino, que entrevista pessoas que contrariam a regra dos relacionamentos monogâmicos. São homens e mulheres que optaram por amar mais de uma pessoa.

Este é um documentário sobre amor livre e poliafetividade. Lucas Mauá, o idealizador, diretor e roteirista deste projeto entrevista Clara Nobre, uma personagem real que encontrou uma singularidade em sua forma plural de amar e viver o amor.

Compartilhe: