Últimas notícias:

Loading...

Bolsonaro promete não punir quem matar em defesa da propriedade

Por: Gilberto Dimenstein

O presidente Jair Bolsonaro prometeu enviar ao Congresso um projeto de lei para que o excludente de ilicitude seja aplicado nos casos em que alguém aja para defender sua propriedade. A informação é do UOL.

De acordo com o texto da proposta, quem matar em defesa da propriedade privada ou da própria vida responderá pelo crime, mas não sofrerá nenhuma punição.

Bolsonaro
Crédito: Alan Santos/PRPresidente Jair Bolsonaro durante a cerimônia de abertura da Agrishow 2019, em Ribeirão Preto (SP)

A declaração foi dada nesta manhã em Ribeirão Preto (SP) durante a abertura da Agrishow, feira de tecnologia para o agronegócio . Bolsonaro classificou a propriedade privada como “sagrada”.

“É um projeto de lei que será enviado para Câmara, vai dar o que falar, mas é uma maneira de ajudar a violência no campo. É fazer com que, ao defender sua propriedade privada ou sua vida, o cidadão de bem entre no excludente de ilicitude, ou seja, ele responde, mas não tem punição.”

Compartilhe:

Tags: #bolsonaro
?>