Dimenstein: Bolsonaro ajuda a desmoralizar Sergio Moro

A cada dia que passa, aumenta a desmoralização do ministro da Justiça, graças inclusive (e sobretudo), a Bolsonaro

Por: Gilberto Dimenstein

O ex-juiz Sergio Moro entrou no governo Bolsonaro como um herói nacional.

Era um aval para a promessa de moralidade de Jair Bolsonaro.

A cada dia que passa, aumenta a desmoralização de Moro, graças inclusive (e sobretudo), ao seu padrinho Jair Bolsonaro.

Sugiro essa seleção de hoje do Canal Meio 

“A quinta-feira não foi um dia fácil para o ministro da Justiça, Sérgio Moro. Seu pacote anticrime, que já vinha sendo paulatinamente desidratado pelo Congresso, foi colocado na geladeira por ninguém menos que o presidente Jair Bolsonaro. Segundo este, com a reforma da Previdência já no Senado, a prioridade do governo é tocar a reforma tributária, o que jogaria o pacote do ministro para as calendas gregas. ‘O Moro está vindo de um meio onde ele decidia com uma caneta na mão. Agora, não temos como decidir de forma unilateral’, disse Bolsonaro. ‘Entendo a angústia dele, de querer que o projeto vá para frente, mas nós temos que fazer o Brasil andar’. Para diminuir o desconforto, ele levou Moro para sua tradicional livenas redes sociais. (Estadão)

“Depois, Moro precisou se explicar ao ministro Luiz Fux, do STF, negando ter mandado destruir provas obtidas com hackers que invadiram celulares de autoridades. A intenção de Moro havia sido revelada pelo presidente do STJ, João Otávio Noronha. A Fux, o ministro da Justiça diz que houve um “mal-entendido”. (Folha)

De Vera Magalhães: “De ministro ‘indemissível’ e candidato – com direito a anúncio público – à ‘primeira vaga’ que houvesse no Supremo Tribunal Federal, Sérgio Moro passou a ser alvo das famosas ‘caneladas’ de Jair Bolsonaro, seja em declarações públicas, em críticas reservadas ou mesmo em ações para enfraquecê-lo. Acontece que Moro precisa ficar no cargo, uma vez que abriu mão da magistratura e o STF é, cada vez mais, um sonho distante. (Estadão)

De Bela Megale: “A relação entre Bolsonaro e Moro passa pelo seu momento mais delicado, com direito a críticas feitas pelo presidente ao seu ministro em reuniões mais reservadas, segundo interlocutores do Planalto. Mesmo assim, Bolsonaro não cogita afastar o ex-juiz do comando da pasta da Justiça. Por outro lado, Moro também já confidenciou a pessoas próximas certo desconforto com algumas posições do governo, mas evitou tecer críticas diretas a Bolsonaro.” (Globo)

Por: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.

1
03:38
Joice Hasselmann é a prova viva da doença mental de Bolsonaro
Joice Hasselmann não fez nada de errado em relação a Jair Bolsonaro. Como política, criou vários canais de diálogo, como …
2
02:21
Polícia Federal revela fraude do PSL
Uma operação da Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão nesta terça-feira, 15, em endereços ligados ao deputado federal …
3
02:44
Carta da prisão mostra suposto mandante da facada de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo na internet afirmando ter recebido uma carta com o nome do suposto mandante …
4
03:35
Assessor de Bolsonaro chama Coringa de esquerdista sem Deus
O filme do inimigo do Batman chegou definitivamente para colocar mais lenha na fogueira das discussões políticas. Que o diga …
5
02:46
Bolsonaro vai ter de engolir a Folha de S.Paulo sem água
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que a Polícia Federal (PF) indiciou o ministro do Turismo, Marcelo …
6
02:43
Bolsonaro briga com novos métodos medicinais
A proposta que visa liberar o cultivo da maconha medicinal no Brasil segue em discussão na Anvisa (Agência Nacional de …
7
02:42
A novela de Adélio Bispo ganha um novo aliado
Mal assumiu o cargo de procurador-geral da República, Augusto Aras já mostra estar alinhado com Jair Bolsonaro ao aderir à …
8
02:49
Entenda por que Lula não quer sair da cadeia
O ex-presidente Lula reafirmou nesta segunda-feira, dia 30, que não vai aceitar a proposta feita pela força-tarefa da Operação Lava-Jato …