Últimas notícias:

Loading...

Dimenstein: cofre milionário é segredo na briga entre PSL e Bolsonaro

A briga entre Jair Bolsonaro e o PSL envolve muito dinheiro.
Mais precisamente R$ 737 milhões.
É o que o PSL vai receber até 2022
Antes de Bolsonaro, o partido não tinha nada – exatamente, nada.
Mas, com as eleições, ficou com 52 deputados e 4 senadores.
Passou, assim, a ter direito a esses milhões de reais – o que nenhum partido vai ter.
A irritação de Bolsonaro é que não consegue dominar o PSL que o elegeu – seus dois filhos são presidentes dos diretórios do Rio e São Paulo, mas são muito atacados dentro do partido.
Daí a ideia do presidente criar um novo partido ( dizem que o nome seria “Conservadores”) ou ir para uma pequena sigla.
Mas o cofre cheio de dinheiro do PSL ficaria distante.
Lembre-se que já no próximo ano há eleições para prefeitura.

Compartilhe: