CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Dimenstein: detesto Bolsonaro, mas apoio a reforma da previdência

Por: Redação

Gilberto Dimenstein explica por que apoia a previdência

Gilberto Dimenstein explica nesse vídeo por que apoia a reforma da previdência, mesmo não gostando de Jair Bolsonaro –https://bit.ly/2SgdhUm

Posted by Catraca Livre on Wednesday, February 20, 2019

Tenho cada vez mais ojeriza a Jair Bolsonaro.

Ele está se saindo pior – aliás, muito pior – do que eu imaginava.

A cada dia ele mostra o que significa a combinação de ignorância, mediocridade e arrogância.

Digo que ele se supera, como associar nazismo à esquerda; suspender os radares nas estradas; atacar o índice do IBGE para justificar o desemprego

Nada disso me impede de apoiar a reforma da previdência – uma reforma que, na sua mediocridade, Bolsonaro se opôs durante toda a sua vida.

Concordo, em essência, com os argumentos de Paulo Guedes, ministro da Economia, que hoje, durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, lembrou: o governo gastou no ano passado dez vezes mais com a Previdência Social do que com Educação.

Investe-se mas no passado ( os aposentados) do que no futuro ( as crianças)

“Gastamos R$ 700 bilhões ano passado com a Previdência, nosso passado, e R$ 70 bilhões com educação, nosso futuro. Gastamos dez vezes mais com a Previdência do que com nosso futuro”, disse.

A situação apenas tende a piorar: a população está cada vez mais velha.

Portanto, os gastos serão maiores para a aposentadoria, estrangulando os recursos.

Basta ver esse gráfico abaixo.

É uma conta perversa para os mais pobres.

Detesto Bolsonaro, mas amo meu país.

Justamente porque amo meu país, fico revoltado em ver um governo medíocre e ignorante.

Daí que acredito que a reforma da previdência não é desafio de um governo.

Mas do futuro do Brasil.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.