CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Dimenstein: não chamei Joice Hasselmann de maconheira. Fiz muito pior

Escrevi é que ela é uma jornalista pilantra, desonesta e sem caráter

Por: Gilberto Dimenstein

Está correndo nas redes sociais uma interpretação errada de um texto que escrevi sobre a deputada Joice Hasselmann: a de que eu a teria chamado de “maconheira”.

Não foi o que escrevi.

Fiz muito pior: o que eu, de fato, escrevi é que ela é uma jornalista pilantra, desonesta e sem caráter.

E provei.

A própria Joice, num sinal de histeria ou déficit cognitivo, ajudou a espalhar essa versão, reagindo furiosa:

Só usei um truque de texto, usando a maconha para mostrar sua desonestidade.

Não uso nenhuma droga. Não bebo e não fumo.

Mas, em essência, sou contra qualquer abuso.

Abuso de açúcar, de sal, de bebida, de comida, de sol na pele.

Usar moderadamente maconha, na idade adulta, não é mais perigoso do que beber moderadamente.

Como sabemos, o álcool causa no Brasil muitos mais problemas do que a maconha.

Eu até celebro as descobertas do uso medicinal da maconha, comprovados cientificamente.

Leiam agora o artigo que escrevi:

Joice Hasselmann diz que sou comunista; e se afirmasse que ela é maconheira?

Suponhamos que eu escrevesse aqui de forma categórica: Joice Hasselmann é maconheira.

E ainda mostrasse essa foto acima, tentando dar um ar de verdade à acusação.

Mas sem apresentar uma única prova.

O que vocês diriam?

Diriam (e com razão) que sou um jornalista irresponsável –um pilantra profissional.

Suponhamos mais: ofendida (e com razão) Joice pedisse algum indício para sustentar minha acusação.

Não provo nada.

E, para completar, não desminto.

É exatamente essa atitude que a deputada está, neste momento, tendo comigo.

Ela me chamou de ativista comunista.

Tenho horror ao comunismo –como tenho horror a qualquer ditadura.

É uma negação de tudo o que defendo: democracia com economia de mercado, compensada com investimentos sociais.

Minha vida sempre foi defender direitos humanos.

Pedi a Joice que mostrasse um único indício de que sou comunista.

Não seria difícil achar: um artigo, por exemplo.

Apenas isso, um artigo.

Preferiu manter o que disse.

O que é uma pilantragem.

Até entendo que não é fácil pedir ética de uma jornalista condenada pelo conselho de ética do Sindicato do Paraná por ter plagiado dezenas de reportagens.

Ou que tenha sido condenada por usar clandestinamente a marca da Veja.

Mas posso garantir ser menos improvável Joice fumar maconha do que eu ser comunista.

Aliás, no caso dela até pode ter um uso medicinal.

Por: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.

1
03:38
Joice Hasselmann é a prova viva da doença mental de Bolsonaro
Joice Hasselmann não fez nada de errado em relação a Jair Bolsonaro. Como política, criou vários canais de diálogo, como …
2
02:21
Polícia Federal revela fraude do PSL
Uma operação da Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão nesta terça-feira, 15, em endereços ligados ao deputado federal …
3
02:44
Carta da prisão mostra suposto mandante da facada de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo na internet afirmando ter recebido uma carta com o nome do suposto mandante …
4
03:35
Assessor de Bolsonaro chama Coringa de esquerdista sem Deus
O filme do inimigo do Batman chegou definitivamente para colocar mais lenha na fogueira das discussões políticas. Que o diga …
5
02:46
Bolsonaro vai ter de engolir a Folha de S.Paulo sem água
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que a Polícia Federal (PF) indiciou o ministro do Turismo, Marcelo …
6
02:43
Bolsonaro briga com novos métodos medicinais
A proposta que visa liberar o cultivo da maconha medicinal no Brasil segue em discussão na Anvisa (Agência Nacional de …
7
02:42
A novela de Adélio Bispo ganha um novo aliado
Mal assumiu o cargo de procurador-geral da República, Augusto Aras já mostra estar alinhado com Jair Bolsonaro ao aderir à …
8
02:49
Entenda por que Lula não quer sair da cadeia
O ex-presidente Lula reafirmou nesta segunda-feira, dia 30, que não vai aceitar a proposta feita pela força-tarefa da Operação Lava-Jato …