CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Dimenstein: triste verdade por trás do beijo gay atacado por Crivella

Por: Gilberto Dimenstein

Marcelo Crivella conseguiu exatamente o oposto.
Ao tentar censurar o beijo gay de uma revista exposta na Bienal do Rio, reproduziu a imagem dezenas de milhões de vezes.
Não é exagero: dezena de milhões de vezes.
Mas ele não deve estar preocupado.
Pelo contrário.
Foi derrotado na Justiça, humilhado pela elite pensante do Brasil, virou motivo de chacota, mas conseguiu tirar o foco de seu desempenho administrativo ( e aí vai muito mal) para costumes.
Como demonstra Jair Bolsonaro, há um nicho disposto a considerar coisas como beijo uma prioridade.
Crivella é candidato à reeleição ( e com dificuldade) e simplesmente aposta na pauta moral.
Prova disso é perdendo no STF, ele voltou a insistir na censura, entrando com recursos – mesmo que a Bienal já tivesse acabado.
Era a chance de ganhar mais holofotes.
Como vimos nas eleições no ano passado, maluquices como mamadeira de pênis tem seu espaço para seduzir eleitores.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Gilberto Dimenstein

Jornalista, educador e fundador da Catraca Livre.