Liderança do MBL se arrepende da Escola Sem Partido

Por: Redação
Holiday com Kim Kataguiri

Fernando Holiday, uma das principais liderança do MBL, se notabilizou pelos ataques aos professores na sua defesa da Escola Sem Partido.
Atualmente ele faz licenciatura em história, onde diz ter amadurecido.
Holiday diz estar convencido de que a imensa maioria dos professores não são doutrinadores.
E não mais apoia sua proposta de estimular que os alunos filmem os professores durante a aula.
Ele chegou a entrar na marra nas escolas.

Em entrevista à Folha, ele disse:

A forma como eu defendia o projeto estava absolutamente errada, que é transformar o professor em um dos maiores problemas da nossa educação. A ideia era proteger o aluno prejudicado nas notas, exposto por causa de sua religião ou posicionamento político.

Compartilhe: