Lula à Folha: ‘Tenho obsessão de desmascarar o Moro’

Por: Gilberto Dimenstein

O ex-presidente Lula concedeu entrevista aos jornais “Folha de S.Paulo” e ao “El País”. Foi a primeira entrevista desde que foi preso, em abril de 2018.

Nas mais de duas horas de entrevista à jornalista Mônica Bergamo, Lula falou da vida na prisão, do governo Bolsonaro, das acusações de corrupção contra ele e da possibilidade de nunca mais sair da prisão, dentre outros temas.

Lula
Crédito: Reprodução/Folha 

O ex-presidente Lula disse ainda ter “obsessão de desmascarar” o ex-juiz Sergio Moro, agora ministro da Justiça.

“Eu tenho tanta obsessão de desmascarar o [ex-juiz e ministro Sergio] Moro, de desmascarar o [procurador Deltan] Dallagnol e a sua turma, e desmascarar aqueles que me condenaram, que eu ficarei preso cem anos, mas eu não trocarei a minha dignidade pela minha liberdade.

Juiz da Operação Lava Jato, Sergio Moro condenou Lula pelo caso do tríplex em Guarujá (SP). Também afirmou estar determinado a provar sua inocência.

“Eu tenho uma obsessão. Você sabe que eu não tenho ódio, não guardo mágoa porque, na minha idade, quando a gente fica com ódio a gente morre antes”.

Na entrevista à Folha, o ex-presidente faz um aceno ao Supremo Tribunal Federal. “Ela [corte] já demonstrou que teve coragem e se comportou”, em referência a votações anteriores para temas polêmicos. “No meu caso a única coisa que eu quero é que votem com relação aos autos do processo”, afirma.

Confira aqui a íntegra da entrevista de Lula à Folha.