CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Leilão da Receita Federal tem iPhone X por R$ 800

As propostas para adquirir as mercadorias estão abertas até o dia 13 de janeiro

Por: Redação
iPhones
Crédito: DivulgaçãoO mesmo aparelho é vendido por cerca de R$ 4 mil no varejo

Estão abertas, até o dia 13 de janeiro, as propostas para o leilão de mercadorias apreendidas da Receita Federal de Belém do Pará, coordenado pela alfândega do Porto de Belém, capital do estado. A sessão para lances está marcada para o dia seguinte, 14.

No leilão, há aparelhos eletrônicos como MacBook, iPhone X, Xiaomi Mi 9, Apple Watch, entre outros — todos com preços bem abaixo do mercado. Pessoas físicas e jurídicas podem fazer lances para os 154 lotes, mas, alguns só estão disponíveis para empresas com CNPJ válido.

Por exemplo, no lote 42, o usuário pode dar um lance inicial de R$ 800 para uma unidade do iPhone X de 64 GB. O mesmo aparelho é vendido por cerca de R$ 4 mil no varejo.

Já no lote 41, o celular Xiaomi Redmi Note 7 Dual SIM 64 GB tem lance inicial de R$ 550. O smartphone custa cerca de R$ 1300 no varejo.

No lote 80, há um MacBook da Apple, que vale cerca de R$ 4800 no mercado, com o lance inicial de R$ 750.

Como participar

Para participar, é necessário fazer um cadastro no site da Receita Federal. Na fase de propostas, qualquer usuário poderá inserir o valor que quer pagar pelo lote que tem interesse. As melhores ofertas serão selecionadas para participar do pregão online, realizado no dia 14 de janeiro.

As pessoas vencedoras do pregão devem retirar os itens no depósito da Receita. No caso deste leilão, o ganhador vai poder buscar os produtos nos depósitos de Boa Vista, Porto Velho, Macapá e outros locais do norte do país. As mercadorias adquiridas não podem ser revendidas.

Quer saber mais? Acesse o site da Receita Federal.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.