Procon destaca lista de sites não confiáveis na hora de fazer as compras

Vai às compras? Evite dor de cabeça! Confira a lista de sites não confiáveis divulgada pelo Procon-SP

Por: Redação
Ouça este conteúdo

A poucos meses para as festas de fim de ano, importantes datas do varejo começam a povoar o imaginário daqueles que contam os dias para ir às compras. Mas, como sempre vale ressaltar, todo cuidado é pouco.

Por isso, o Procon-SP preparou, mais uma vez, a famosa lista sites não confiáveis para você não cair em cilada na internet.

A compilação destaca a ação de criminosos que se apropriam do nome de grandes empresas e criam páginas com layout parecido com o das lojas originais. Entre os detalhes apontados por especialistas, os sites chamam a atenção por oferecer produtos com preços muito abaixo do que é praticado no mercado.

Crédito: Getty Images/iStockphotoSegundo a Konduto, empresa especializada em análise de fraude em transações online, quase 2% das compras na Black Friday de 2019 foram realizadas com cartões clonados

Sabe aquele ditado popular “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”? Pois bem, SEMPRE leve isso em consideração.

Como identificar ?

Na maioria das vezes, o site falso leva o nome de uma empresa conhecida, mas com  final diferente. Por isso, é importante observar com atenção o endereço eletrônico do estabelecimento antes de tomar qualquer decisão!

Além de desconfiar de preços muito baixos e conferir o endereço eletrônico do site, a seção “evite estes sites”, do Procon-SP reúne páginas que tiveram reclamações de consumidores, foram notificados, não responderam ou não foram encontrados.

A relação completa você confere aqui.

 Outras dicas para evitar cair em golpes no ambiente virtual! 

  • não forneça dados, senhas, códigos, etc;
  • não acredite em ofertas de ajuda, sorteio, dinheiro etc enviadas pelo whatsapp, redes sociais, e-mails e não clique nesses links;
  • não confie e não compartilhe links e informações dos quais não tenha certeza da origem;
  • não preencha formulários que não estejam nos sites oficiais;
  • baixe aplicativos apenas das lojas oficiais;
  • em caso de dúvidas ou dificuldades, procure um familiar ou amigo que possa ajudar;
  • utilize antivírus no computador, tablet e smartphone;
  • o Procon-SP não pede informações do consumidor e não envia mensagens via whatsapp; o consumidor deve procurar a instituição pelos canais oficiais, veja quais são aqui http://www.procon.sp.gov.br/espaco-consumidor/

Antes de comprar vamos refletir um pouquinho?

Como andam suas finanças? Apesar de trabalhar muito e ter uma renda mensal você vive sem dinheiro. Já parou para analisar por que? Uma série de fatores pode motivar isso, mas uma delas é a compra desenfreada de itens que muitas vezes você nem usa e ficam ocupando espaço na sua casa. Já imaginou passar um tempo sem comprar nenhuma peça de roupa, sapato ou acessório? Vem cá que a gente te dá algumas dicas para não cair no consumismo tóxico.