7 dicas para garantir a aprovação no vestibular sem dor de cabeça

Estudar 24 horas por dia, 7 dias por semana é humanamente impossível. Para minimizar essa sensação, a primeira coisa a fazer é organizar a agenda

Por: SEB (Sistema Educacional Brasileiro) Comunicar erro
Crédito: Getty Images/iStockphotoA meditação é uma excelente opção para desacelerar. Além de diminuir o stress e a ansiedade, a prática da atividade tende a estimular e melhorar o nosso poder de concentração.

Acredite: nós entendemos o que você está passando! Até outro dia, sua maior preocupação era conseguir uma vaga na equipe de natação ou garantir boas notas no primeiro semestre para ficar mais tranquilo no fim do ano — agora tudo mudou.

De repente, é preciso escolher a carreira a seguir e, para alcançar esse objetivo, abandonar a vida normal para estudar feito louco. A sensação é que você foi arremessado para o mundo adulto e nem tinha plaquinha de boas-vindas. Acertamos? É. Você está sofrendo de estresse com o vestibular!

Mas estamos aqui para lhe assegurar que passar por essa fase não é um monstro tão verde e assustador assim. Claro que, nem de longe, alcançar uma boa nota nos exames para um curso superior não será tão fácil quanto um estalar de dedos. Afinal, você não é Thanos e nem tem a manopla do infinito — entendeu a referência?

Mas, com uma dose de organização, é possível ser aprovado sem perder a cabeça. Para isso, separamos 7 dicas. Confira!

1. Crie uma rotina de estudos sem exageros ?

Estudar 24 horas por dia, 7 dias por semana é humanamente impossível. Em situações de estresse, tendemos a pintar o problema maior do que realmente é, gerando um pânico que nos deixa paralisados. Para minimizar essa sensação, a primeira coisa a fazer é organizar a agenda.

Vamos supor que você estuda pela manhã. Organize seus horários a partir do momento que deixa o colégio. Marque o tempo de almoço, descanso, e comece o cronograma de estudos a partir das 15h.

Divida blocos de 50 minutos, com 10 de descanso, até 19h. Depois disso, programe-se para as outras atividades do seu dia. Não deixe de reservar espaço no sábado também! Nesse dia, priorize conteúdos mais tranquilos, como atualidades, redação etc.

Sua rotina também deve levar em conta seu espaço de estudo. Ele precisa ser confortável e tranquilo. Aparelhos com acesso à internet, a não ser que sejam fundamentais para o aprendizado de um conteúdo, devem ficar do lado de fora. A música o ajuda a relaxar e se concentrar, vale um Spotify de vez em quando!

Agora, se o espaço é dividido com seu irmão ou se toda hora alguém o chama para perguntar alguma coisa, não pense duas vezes! Procure um lugar para chamar de seu — pode ser a biblioteca ou outra sala disponível em sua própria escola ou uma cafeteria tranquila.

2. Faça mapas mentais ?

Sabe aquela sensação de branco? Parece que nenhum conteúdo se fixa na parede da sua memória? O estresse pode ser o responsável por isso também. É que ele faz seu corpo liberar o cortisol, um hormônio que ataca o hipocampo e destrói as células que atuam na recuperação de lembranças.

Esse efeito negativo pode ser eliminado com uma série de atitudes saudáveis (falaremos melhor sobre isso mais adiante), mas nesse tópico vamos dar a grande dica para ajudá-lo a apreender melhor os conteúdos que serão importantes na prova: produzir mapas mentais!

Já ouviu falar nessa técnica? Não? Há uma grande chance de você já ter feito um mapa mental intuitivamente sem nem ao menos perceber do que se tratava! Pegue uma folha em branco (se for A3, melhor ainda!).

Escreva no centro do papel o tema — 2ª Guerra Mundial, por exemplo. Agora, trace setas para diferentes espaços com subtemas (causas, consequências, fases, principais personagens e ideologias envolvidas). Desenvolva cada um desses itens em tópicos, da forma mais sucinta que possa compreender.

Vale desenhar, usar canetas de cores diferentes e fazer recortes — dê vazão à sua criatividade nesse processo! Tenha certeza de que, enquanto realiza essa atividade, seu cérebro está fazendo uma série de associações que vão ajudá-lo a se lembrar do conteúdo estudado.

O resultado é muito bacana e pode até ficar na parede do quarto por um tempo. Você vai perceber que, quando passar os olhos por um mapa mental, as lembranças vão brotar da sua cabeça.

3. Pratique uma atividade física ?

Praticar esportes é uma ótima forma não só de aliviar o estresse com o vestibular, mas também para prevenção de doenças! Ele ajuda a fortalecer suas defesas, oxigena o corpo e incentiva a produção de serotonina, o hormônio do bem-estar. Todo esse processo, promovido pela atividade física, traz mais energia para o seu corpo!

Não estamos falando aqui daquele treino pesado para entrar para o time de futebol americano que acontece todos os dias, a não ser que seu objetivo seja uma universidade no exterior e esteja pensando em um programa para atletas. O ideal é que seu tempo para os esportes aconteça 3 vezes por semana durante 50 minutos até 1 hora.

4. Tenha uma alimentação saudável ?

A tentação de beliscar uma batata chips ler as matérias cobradas é enorme, sabemos disso! Mas manter uma alimentação saudável também ajuda a dar aquela turbinada nos estudos. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Goldsmiths, em Londres, mostrou que o consumo de fast-foods prejudica o desenvolvimento cerebral, reduzindo o quociente de inteligência (QI).

Converse com sua família para que haja alimentos saudáveis em casa, especialmente frutas e cereais. Faça todas as refeições e inclua bastante cor no seu prato.

Aproveite os benefícios do ferro e potássio (presente nas carnes, verduras escuras, banana, tomate, entre outros) para ajudar a repor as energias. Também é interessante investir em alimentos ricos em ácido fólico (beterraba, brócolis, amendoim, frutas cítricas e oleaginosas). Ele ajuda no crescimento e regeneração celular além de combater a depressão.

Quer saber outras dicas indispensáveis para sua rotina de estudos ? Confira mais no blog Novos Alunos.

1 / 8
1
04:21
Weintraub usa o MEC para tentar tirar verbete da Wikipédia do ar
Uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo mostra que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou o peso …
2
01:46
Os erros de português mais absurdos do governo Bolsonaro
A língua portuguesa não é bem o forte da gestão Bolsonaro. Vários nomes importantes do governo já escorregaram no idioma …
3
02:13
O estilista que ensina de crochê em penitenciária masculina
O projeto Ponto Firme, criado pelo estilista Gustavo Silvestre, tem como objetivo transformar a vida de detentos de uma penitenciária …
4
03:24
1ª diretora trans de uma escola pública em São Paulo
Paula Beatriz de Souza é a 1ª diretora trans de uma escola pública em Sã Paulo. Ela superou preconceitos para …
5
07s
Maior Sarau do Mundo – Anderson Meneses
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …
6
29s
Maior Sarau do Mundo – Rafa Piccin
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e participe: …
7
23s
Maior Sarau do Mundo – Geovanna Nunciato
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e …
8
01:29
Maior Sarau do Mundo – Allan Hipólito
Participe você também do projeto do Catraca Livre que quer montar o maior sarau virtual do mundo. Clique aqui e participe: …