Últimas notícias:

Loading...

Aprenda a tocar violão de graça em escola de música

Inscrições abertas para quem deseja aprender a tocar violão, à distância, seja por receio das aulas presenciais ou falta de tempo.

Por: Redação

Para você que tem vontade de aprender a tocar violão, mas vive deixando para depois, ou por falta de tempo ou por não ter disponibilidade, eis uma oportunidade. Para celebrar seu aniversário de 15 anos a Usina Música oferece bolsas de estudo de seis meses para você finalmente aprender as tocar o instrumento.

Todos os alunos inscritos vão receber um link de acesso para a transmissão que acontecerá ao vivo pelo YouTube e ainda terão acesso aos materiais de apoio, como as cifragens das músicas apresentadas. Além disso, as dúvidas poderão ser esclarecidas em tempo real, por meio de chat. O conteúdo não ficará disponível para visualização após ser transmitido.

Crédito: IStockEscola de música em SP oferece bolsa de estudos de 6 meses

As aulas são 100% online terão duração de uma hora. Elas serão ministradas toda quinta-feira, sempre às 20h, pelo professor Thiago Castellano. O método incentiva aqueles que, apesar de gostarem, se sentem receosos com aulas presenciais, e também quem não desenvolveu a prática por falta de tempo.

Como participar

É necessário se cadastrar através do site informando alguns dados básicos. As inscrições abertas a partir de 13 de agosto, para nossa alegria, não têm um limite de participantes. Os interessados precisam ter mais de oito anos de idade e necessariamente ter um violão com cordas de aço ou nylon, além de uma boa conexão com a internet.

“Muitas pessoas não se sentem confortáveis para iniciar um curso em que tem contato direto com o professor e colegas, por terem vergonha, pois acham que não levam jeito para a música. Pensando nisso, desenvolvemos essa ação para mostrar que todos podem aprender”, conta André Nicolau, sócio-fundador da Usina Música. As aulas englobam conceitos básicos, como a afinação do instrumento, os diversos acordes e no mínimo seis músicas predefinidas.

Compartilhe: